REVISTA TAE - CDHU testa projeto com sistema de reúso de água das chuvas

Esta notícia já foi visualizada 169 vezes.

CDHU testa projeto com sistema de reúso de água das chuvas

Data:11/05/2018- Fonte:www.saopaulo.sp.gov.br

Objetivo é proporcionar economia e oferecer habitações sustentáveis, com qualidade, eficiência e responsabilidade com o meio ambiente

Do Portal do Governo

As mudanças nos padrões climáticos no planeta registradas nos últimos anos têm exigido que novas soluções sejam desenvolvidas em diversas áreas, para manter o equilíbrio do ecossistema e gerar cada vez mais economia e sustentabilidade na vida em sociedade.

Uma das áreas em que isso se torna mais relevante e urgente é a de moradias. Alinhada com essas necessidades, a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) do governo do Estado de São Paulo vem testando projetos que contemplem qualidade, eficiência, economia e responsabilidade com o meio ambiente.

Um deles é a casa que serve de modelo para as futuras contratações da companhia, com uma série de melhorias para tornar a moradia mais confortável, segura e durável, proporcionando bem-estar aos moradores. O foco é a sustentabilidade e a preservação do meio ambiente aliadas à redução dos custos de consumo e manutenção.

Projetadas com tecnologias que economizam água e energia elétrica, as casas da CDHU vêm com um projeto piloto para testar um sistema de reuso de água das chuvas na descarga das bacias sanitárias.

Após diversos testes de adaptação e adequação, a Companhia desenvolveu um sistema de armazenamento e aproveitamento de água da chuva para futura implantação nas unidades habitacionais.

Algumas residências já possuem o sistema instalado ainda em período de avaliação, e em breve o projeto fará parte de todos os conjuntos, beneficiando milhares de moradores.

Confira abaixo como funciona o sistema:

1 – Água é captada pela calha do telhado;

2 – Em seguida, passa pelo sistema de filtragem e é armazenada na cisterna;

3 – Caso a água coletada atinja o limite de capacidade da cisterna, um extravasor libera o excedente de água, mantendo o sistema em segurança;

4 – Da cisterna, a água alimenta os vasos sanitários da casa e as torneiras externas. Seu uso é destinado para todas as utilizações não potáveis;

5 – Nos períodos sem chuva, a água armazenada é consumida no uso normal do dia a dia e pode atingir seu nível de reserva;

6 – Quando isso acontece, a válvula que está ligada ao encanamento da rede de água é acionada pela boia, ligando o abastecimento da cisterna com água da rede.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade