REVISTA TAE - Engenheiro lança livro sobre vida e obra do Prof. Azevedo Netto no Saneamento

Esta notícia já foi visualizada 657 vezes.

Engenheiro lança livro sobre vida e obra do Prof. Azevedo Netto no Saneamento

Data:11/02/2019- Fonte:ABES

Suely Melo


A história do Prof. José Martiniano de Azevedo Netto no setor de saneamento ganhou as páginas de um livro escrito  pelo engenheiro Manoel Henrique Campos Botelho (autor de “Concreto Armado – Eu te Amo”), que foi foi aluno, colega e amigo de Azevedo Netto, com colaboração de outros discípulos do professor. Intitulado “A vida e a obra do Prof. Azevedo Netto no Saneamento – Histórias e lendas se confundem”, o livro é uma homenagem ao centenário do seu nascimento (1918 – 2018) e está disponível gratuitamente aqui. Também pode ser obtido diretamente com o escritor no e-mail: manoelbotelho@terra.com.br

Segundo o autor, José Martiniano de Azevedo Netto foi o mais importante engenheiro sanitarista e professor, depois de Saturnino de Brito – o grande engenheiro do início do século. “Azevedo Netto era famoso por suas aulas inesquecíveis e totalmente práticas. Para cada situação, contava sobre uma solução de engenharia e um exemplo numérico”, lembra Botelho. “Contava em detalhes sobre suas obras e obras de terceiros. Aulas práticas e diretas. Não tinha preconceitos de ensinar coisas que normalmente as faculdades não ensinam. Ele dava aulas inclusive sobre temas ultra-práticos: Como tirar fotos na engenharia não se esquecendo de colocar nas fotos  datas e tamanhos de referência, como chapéus, sapatos e carros. E um outro curso sobre Como organizar reuniões”.

Manoel Botelho conta, ainda, que Azevedo Netto escreveu muitos livros e artigos, entre os destaques um sobre Ventosas na Hidráulica. “Esse artigo era tão prático que um leitor, seguindo o artigo,  projetava  ventosas (saídas de ar) de  linhas adutoras”, ressalta. Seu livro mais famoso é o “Manual de Hidráulica”.

Azevedo Netto foi professor da Escola Politécnica, da Faculdade de Saúde Pública (onde teve alunos vindos de diversos países da América Latina), da Escola de Engenharia Mackenzie, além de professor convidado de várias outras escolas de engenharia, conforme explica Botelho.

Azevedo Netto também foi presidente da Associacão Interamericana de Engenharia Sanitária e Ambiental – AIDIS.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade