REVISTA TAE - Ações preventivas para a quadra chuvosa de 2020 em Fortaleza
Esta notícia já foi visualizada 174 vezes.



Ações preventivas para a quadra chuvosa de 2020 em Fortaleza

Data:14/01/2020
Fonte: Cagece

O presidente da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), Neuri Freitas, participou nesta terça-feira (14), de coletiva com a imprensa, promovida pela Prefeitura de Fortaleza, sobre as ações preventivas para a quadra chuvosa de 2020 na capital. Na oportunidade, o presidente destacou o trabalho de manutenção preventiva realizado pela companhia e lembrou sobre a importância da correta utilização das redes coletoras para o bom funcionamento do sistema de esgotamento sanitário.

De acordo com Neuri, somente no ano passado, cerca de 6,5 mil toneladas de resíduos sólidos foram retirados das redes coletoras de esgoto da Cagece na capital. Além disso, o presidente também explicou que a destinação inadequada de águas pluviais para rede de esgoto contribui para a ocorrência de extravasamentos. “Precisamos estar sempre alerta porque todo ano temos períodos chuvosos e a rede de esgoto não foi dimensionada para receber águas de chuva. Esse tipo de prática, além de ser inadequada, prejudica o funcionamento do sistema e causa extravasamentos na rede”, explicou.

Além das manutenções preventivas nas redes, a Cagece também realiza ações educativas com o objetivo de sensibilizar e orientar a população sobre as diferenças entre rede de drenagem e rede de esgoto.

No âmbito da Prefeitura de Fortaleza, o prefeito Roberto Cláudio apresentou os investimentos realizados pelo município para diminuir os impactos das chuvas e as medidas de prevenção adotadas, entre elas: limpeza de recursos hídricos, desobstrução de canais e bocas de lobo, podas, cortes e recolhimento de árvores, pavimentação e drenagem de vias, entre outras.

“De agosto a dezembro do ano passado a prefeitura realizou limpeza de mais de 100 canais e lagoas e 8 mil bocas de lobo. É um trabalho que inicia em agosto, principalmente nas áreas onde a chuva causa mais danos, e a gente continua ao longo do primeiro semestre do ano” destacou o prefeito.

Além da Cagece, a coletiva contou com a participação do presidente da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos, Eduardo Sávio Martins, que na oportunidade apresentou os prognóstico de chuvas para os meses de janeiro e fevereiro em Fortaleza. Também estiveram presentes representantes de órgãos da prefeitura de Fortaleza como a Conservação e Serviços Públicos, Secretaria de Infraestrutura, Secretarias Regionais e Proteção e Defesa Civil.

Comentários desta notícia

Publicidade