REVISTA TAE - Novo Horizonte do Sul terá acesso ao tratamento do esgoto doméstico
Esta notícia já foi visualizada 117 vezes.



Novo Horizonte do Sul terá acesso ao tratamento do esgoto doméstico

Data:16/03/2020
Fonte: SANESUL

O dinheiro já está disponível e foi garantido junto à Caixa. Entre as metas, está a construção de 15,8 km de rede coletora de esgoto

Escrito por ACOM/SANESUL

Contemplada no Programa Avançar Cidades, Novo Horizonte do Sul vai receber R$ 6.759.944,45 milhões de reais para obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário.

O recurso foi adquirido junto à Caixa e será utilizado na construção de 15,8 km de rede de esgoto, 839 ligações domiciliares, uma elevatória e um sistema de pós tratamento, ou seja, centenas de famílias serão beneficiadas.

A coleta e tratamento dos esgotos levam à melhoria da qualidade de vidas das pessoas, sobretudo na saúde infantil: com redução da mortalidade infantil, melhorias na educação, expansão do turismo, valorização dos imóveis, na renda do trabalhador, despoluição dos rios e preservação do meio ambiente. 

A meta do Governo do Estado e Sanesul é deixar Novo Horizonte do Sul com uma cobertura de rede de esgoto acima dos 60% da população nos próximos 10 anos. 

Obras em andamento - Atualmente, a empresa está terminando a construção de uma ETE - Estação de Tratamento de Esgoto que atenderá de imediato a demanda do município. Além disso, está construindo uma estação elevatória, o emissário, mais 1.914m de coletor tronco, 2.725m de rede coletora de esgoto e 160 ligações domiciliares de esgoto. Os recursos são do PAC 2, FUNASA/SANESUL no valor de R$ 2,3 milhões. As obras já estão 99% avançadas.

O projeto do Governo do Estado é universalizar o serviço de esgotamento sanitário em MS, ou seja, levar coleta e tratamento para todo o Estado. Por isso, o empenho em conseguir recursos para todas as obras necessárias.

Programa Avançar Cidades - Na primeira etapa do Programa Avançar Cidades, que ocorreu em 2018, 16 municípios de Mato Grosso do Sul foram contemplados com o montante de R$ 190 milhões.

Em setembro de 2019, mais 16 cidades assinaram contratos do Programa, num total de R$ 119 milhões em investimentos.

Agora, a Sanesul deverá anunciar o novo grupo com mais 14 cidades que receberão recursos para implantação ou ampliação do sistema de esgotamento sanitário, no total de R$ 136 milhões.

Comentários desta notícia

Publicidade