REVISTA TAE - Sanepar está executando obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário em Arapongas
Esta notícia já foi visualizada 118 vezes.



Sanepar está executando obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário em Arapongas

Data:17/03/2020
Fonte: Sanepar

Elevatórias compactas garantem atendimento da nova unidade do Honpar e Jardim Paraná

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) está executando obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário em Arapongas. Cerca de R$ 5,5 milhões estão sendo investidos para beneficiar mais de 2 mil famílias das regiões Norte e Sul, além da realização de melhorias no sistema local. O recurso inclui a implantação de duas elevatórias compactas de esgoto. Estes equipamentos garantem o atendimento da nova Unidade de Saúde Honpar – Hospital Norte do Paraná, que está em construção e pertence à Associação Norte Paranaense de Combate ao Câncer.

Na manhã desta segunda-feira (16), o prefeito Sérgio Onofre acompanhou a instalação de uma das elevatórias compactas no loteamento Santa Alice.  Ele afirma que, assim que formalizado o projeto do hospital, foi buscada uma solução para o esgoto sanitário. “Nós procuramos a Sanepar para que ela pudesse colocar uma elevatória, não só para atender o hospital, mas também o Jardim Paraná”, lembra.

“Este modelo de elevatória que eles estão fazendo é um modelo mais rápido. O esgoto é uma das obras mais relevantes e é importante poder agilizar isto para os municípios”, destaca o prefeito.

O gerente geral da Sanepar na Região Nordeste, Rafael Malaguido, explica que as estações elevatórias de esgoto (EEE) são necessárias para levar o esgoto para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Bandeirantes do Norte. “O esgoto é coletado sempre por gravidade e, muitas vezes, a ETE fica em outra bacia hidrográfica. É este o caso da região do Honpar. A topografia nos exige a instalação da elevatória para bombear o material para o sentido inverso”, resume.

A Sanepar está adotando esta nova concepção, que consiste numa ‘elevatória pronta’, em vez de construir toda a estrutura em concreto. “É uma solução técnica inovadora, adequada para atender a demanda de volumes menores ou atender provisoriamente até a construção de uma unidade convencional. Arapongas é a primeira cidade do interior do Paraná a receber este modelo, e, neste caso, para antecipação do cronograma de obras”, ressalta.

Entre as vantagens em relação às EEE convencionais estão o baixo custo de implantação e a fácil instalação e manutenção.

AMPLIAÇÃO E MELHORIA – Atualmente a Sanepar atende 67% da população urbana de Arapongas com sistema de esgotamento sanitário. Obras iniciadas neste mês no Jardim São Carlos vão aumentar em 3% este indicador ainda em 2020. Ao todo são 2,1 mil famílias beneficiadas no São Carlos, Vale das Perobas, Nossa Senhora do Loreto e Jardins Araucária I e II. 

Para melhorar a performance da coleta de esgoto na cidade, a Sanepar está substituindo 14 km de rede coletora antiga. A obra segue até o fim deste ano, beneficiando diversos bairros, como a região do Jardim Flamingos e da Vila Araponguinha.

Comentários desta notícia

Publicidade