REVISTA TAE - Odor em ETEs tem solução
Edição Nº 32 - agosto/setembro de 2016 - Ano VI
Esta notícia já foi visualizada 5868 vezes.


Odor em ETEs tem solução



por Cristiane Rubim

Documento sem título

Um dos maiores desafios de quem administra uma ETE ou outras empresas que fazem o tratamento de efluentes sanitários é descobrir como eliminar odores, afirmam Caio Santi, diretor administrativo, Marcio Del Cól, diretor comercial, Mônica Martins, marketing, e Renato Gonçalves, gerente de processos, todos da Dux Grupo. Segundo eles, o mau cheiro é gerado pelas condições e métodos adotados: o tempo em que os efluentes ficam nas tubulações ou expostos às temperaturas elevadas e a falta de oxigênio. Mas a verdade é que hoje há diversas formas de solucionar o problema do odor e outra ...



CONTEÚDO RESTRITO A ASSINANTES


Para continuar a ler o texto na íntegra
é necessário ser assinante do portal


Já sou cadastrado


Assine o portal TAE

Tenha acesso exclusivo a todo conteúdo do site gratuitamente

Publicidade