REVISTA TAE - O diagnóstico inicial e o impacto junto à ineficiência da remediação
Edição Nº 38 - agosto/setembro de 2017 - Ano VII
Esta notícia já foi visualizada 5777 vezes.


O diagnóstico inicial e o impacto junto à ineficiência da remediação



por Juliano de Almeida Andrade

O estudo de caso apresentado relata uma aplicação de remediação de solo in-situ através de processos químicos oxidativos e redutores avançados, com foco principal em reduzir os teores dos contaminantes a níveis que não ofereçam riscos à saúde humana, sobretudo de caráter tóxico e carcinogênico, desde que na área investigada não houvesse a presença de fonte ativa de contaminação.
Em 2013 a empresa Oxi Ambiental, especializada em Remediação Ambiental, atuando diretamente com tecnologia própria e inovadora no tratamento de solo e água subterrânea, foi contratada para dar continuidade ao processo de remediação ambiental em uma indústria química, aplicando tecnologia in-situ. A empresa ...



CONTEÚDO RESTRITO A ASSINANTES


Para continuar a ler o texto na íntegra
é necessário ser assinante do portal


Já sou cadastrado


Assine o portal TAE

Tenha acesso exclusivo a todo conteúdo do site gratuitamente

Publicidade