REVISTA TAE - Uso de águas cinzas para fins não potáveis
Edição Nº 43 - junho/julho de 2018 - Ano VIII
Esta notícia já foi visualizada 5819 vezes.


Uso de águas cinzas para fins não potáveis



por Eng. Ivanildo Hespanhol

A prática de reúso potável já é uma realidade em diversos países como Austrália, Bélgica, Estados Unidos, Singapura, Windhoek etc. Em Windhoek, capital da Namíbia a estação de reúso potável direto de Goreanbag, está operando há mais de 50 anos, sem causar nenhum problema de saúde pública. Nos Estados Unidos, país muito restritivo sobre aspectos de saúde pública, existem várias estações operando há muito tempo como Wichita Falls e Big Springs, no Texas, Cloudcroft no Novo México, etc.
O CIRRA projetou, construiu e operou durante 2 anos a planta piloto para reúso potável direto da SANASA CAMPINAS, projeto financiado pelo COMITÊ de BACIAS DO PCJ. A piloto é construída de ultrafiltra ...



CONTEÚDO RESTRITO A ASSINANTES


Para continuar a ler o texto na íntegra
é necessário ser assinante do portal


Já sou cadastrado


Assine o portal TAE

Tenha acesso exclusivo a todo conteúdo do site gratuitamente

Publicidade