REVISTA TAE - Controle de odor nas elevatórias
Edição Nº 49 - junho/julho de 2019 - Ano IX
Esta notícia já foi visualizada 2037 vezes.


Controle de odor nas elevatórias



por Carla Legner

 

O mau cheiro provocado pelas estações de tratamento de efluentes e esgoto é um problema recorrente e chega a ser considerado uma questão de saúde pública. A principal causa desses odores, seja na Estação de Tratamento (ETE) ou nas Estações Elevatória de Esgotos (EEE) é a decomposição da matéria orgânica contida no esgoto. Essa decomposição surge quando o esgoto fica sem oxigênio dissolvido. Desta forma, ficam vivas somente as bactérias anaeróbias que, no  processo de decomposição geram gases, entre eles o gás sulfídrico que tem o cheiro do “ovo podre”.
...



CONTEÚDO RESTRITO A ASSINANTES


Para continuar a ler o texto na íntegra
é necessário ser assinante do portal


Já sou cadastrado


Assine o portal TAE

Tenha acesso exclusivo a todo conteúdo do site gratuitamente

Publicidade