REVISTA TAE - Importância dos tratamentos de efluentes na galvanoplastia para o meio ambiente
Edição Nº 49 - junho/julho de 2019 - Ano IX
Esta notícia já foi visualizada 524 vezes.


Importância dos tratamentos de efluentes na galvanoplastia para o meio ambiente



por Cristiane Rubim

A utilização de produtos químicos fortes no processo de galvanização exige que o efluente gerado passe por tratamento para não contaminar a água e o meio ambiente. “Para evitar problemas com os órgãos ambientais, os maiores avanços neste setor estão concentrados em reduzir, reusar e tratar adequadamente estes efluentes” – diz Ibanês de Oliveira, químico industrial que atua na assistência técnica da Klintex Insumos Industriais. “No tratamento de águas prévio ao galvânico, são usados abrandadores para águas consideradas duras, porque elas prejudicam a molhabilidade dos enxágues e a qualidade dos banhos galvânicos. Já os efluentes precisam passar por tratamento antes do envio para descarte f ...



CONTEÚDO RESTRITO A ASSINANTES


Para continuar a ler o texto na íntegra
é necessário ser assinante do portal


Já sou cadastrado


Assine o portal TAE

Tenha acesso exclusivo a todo conteúdo do site gratuitamente

Publicidade