REVISTA TAE - Começa a obra da Estação de Tratamento de Esgotos do Sul da Ilha

Esta notícia já foi visualizada 199 vezes.

Começa a obra da Estação de Tratamento de Esgotos do Sul da Ilha

Data:16/11/2017- Fonte:www.casan.com.br

A CASAN e a Prefeitura Municipal de Florianópolis deram a largada, nesta quarta-feira, à construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Sul da Ilha de Santa Catarina.

 Em um ato realizado junto ao gabinete do prefeito, o presidente da CASAN, Valter Gallina, e o chefe do Executivo de Florianópolis, Gean Loureiro, assinaram a Ordem de Serviço que autoriza a construtora Infracon a começar a erguer a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Campeche.

Mesmo com o Feriado da República, a cerimônia reuniu dezenas de convidados, como o vice-prefeito, João Batista Nunes, o deputado federal Jorginho Mello, o deputado estadual Roberto Salum e os vereadores Thiago Silva e Gabrielzinho. A CASAN esteve representada pelo engenheiro Fábio Krieger, gerente de Construção, e pelo chefe da Agência Florianópolis, Marcelino Dutra.

A coleta e tratamento de esgoto do Sul da Ilha é uma das obras de saneamento mais aguardadas de toda a Grande Florianópolis. Quando estiver concluída, em 2019, a Estação vai colocar em operação a rede de coleta já implantada na região do Campeche que tem sido alvo de ligações irregulares, prejudicando a qualidade de vida e a balneabilidade daquela região da cidade.

“Com a ETE vamos beneficiar mais de 25 mil moradores que poderão, enfim, fazer a correta conexão do imóvel à rede pública de coleta de esgoto”, disse o engenheiro Valter José Gallina, diretor-presidente da CASAN. “Esta obra vai melhorar a balneabilidade das praias, ajudará a preservar os rios da região e levará mais saúde aos moradores e turistas, cumprindo mais uma promessa de nossa gestão”.

Gean Loureiro lembrou que o esgotamento sanitário do Sul da Ilha é uma das promessas de sua campanha. “Nunca a Prefeitura e a CASAN trabalharam tão unidas, em prol da população catarinense”, disse Gean. “A Prefeitura acompanha diariamente as ações e projetos da Companhia de modo que Florianópolis recupere um passivo em seu saneamento.”

A ETE do Campeche foi licenciada pela Fundação do Meio Ambiente (FATMA), apontando o Rio Tavares para receber o efluente tratado pelo modelo Terciário, considerado o mais eficiente. O sistema Terciário remove – além de toda a carga orgânica – os nutrientes fósforo e nitrogênio.

O investimento total da CASAN e do governo do Estado na obra de esgotamento sanitário do Sul das Ilha é de R$ 59,7 milhões, com recursos do Orçamento Geral da União (OGU). Somente a estação está estimada em R$ 34,8 milhões.

Enquanto a unidade de tratamento estiver sendo construída, a CASAN vai revisar as condições da rede implantada há uma década - quando a construção da Estação de Tratamento foi suspensa por decisão do Ministério Público – e instalar mais 12 quilômetros de rede, acrescidos para acompanhar o desenvolvimento populacional da região do Campeche.

Até a autorização oficial da CASAN, que deve ocorrer somente em 2019, os proprietários de imóveis do Sul da Ilha não podem fazer a ligação à tubulação que já foi instalada no bairro, sob pena de cometerem crime ambiental.

Saiba Mais:

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO Campeche

Investimento total: R$ 59.754.191,00

·      Implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário

·      Recursos:  Orçamento Geral da União – OGU (42%) / CASAN (58%)

·      Período de Execução: novembro/2017 a outubro/2019

·      População a ser beneficiada: 25.000 habitantes

Resumo da obra contratada:

- Estação de Tratamento de Esgoto – R$ 34.820.840,00

- Capacidade total: vazão 202 L/s

- Nível de tratamento Terciário, com remoção de nutrientes (Fósforo e Nitrogênio).

·      Empresa contratada via licitação: INFRACON Engenharia e Comércio Ltda. (MG)

·      Observações:

A ETE foi projetada para operar em 2 etapas.

Nesta primeira etapa, as obras visam tornar operacional os 40 km de rede coletora já implantados desde 2008 no balneário Campeche, numa vazão total de 78 L/s.

 

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade