REVISTA TAE - Governo amplia sistema de distribuição de água de Porto Acre

Esta notícia já foi visualizada 111 vezes.

Governo amplia sistema de distribuição de água de Porto Acre

Data:28/11/2017- Fonte:www.agencia.ac.gov.br

O governo do Acre, por meio do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa), promove um conjunto de obras no sistema de captação e distribuição de água da cidade de Porto Acre, onde residem mais 20 mil habitantes.

Os trabalhos de escavações e reestruturação do novo reservatório da Vila do V seguem num ritmo satisfatório para a construção de um açude com três hectares de dimensão e a instalação de uma nova Estação de Tratamento de Água (ETA) de 30 litros por segundo.

“Os serviços alcançaram a meta de 80% de conclusão do novo reservatório onde este investimento e o da ETA possibilitarão abastecer tanto a Vila do V e como a Vila do Incra, por meio de uma adutora que percorrerá oito quilômetros entre as comunidades”, destaca o diretor-presidente do Depasa, Edvaldo Magalhães.

Açude com três hectares de dimensão está sendo feito na Vila do V (Foto: André Araújo)

Em Porto Acre, a estrutura metálica de uma nova ETA, com a capacidade de produção para 15 litros por segundo passa pelo processo de instalação, além 1,6 metro de adutora entre a nova ETA até o Rio Acre, de onde será captada a água. Na central da autarquia no município está sendo construída uma casa de química.

“O novo processo de distribuição de água atenderá as demandas das mais de 300 ligações ativas, o dia todo e todos os dias, além de possibilitar a reativação de outras 600 ligações inativas”, relata Magalhães.

Os investimentos nas referentes obras do sistema de abastecimento de Porto Acre são de aproximadamente R$ 5 milhões, articulados numa parceria entre a gestão estadual e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa).



Auxílio de carros-pipa

Os efeitos da recente estiagem continuam a impactar o cotidiano dos moradores do município, principalmente os residentes na zona rural que convivem com o nível reduzido de seus poços domiciliares, mesmo com o início do período de chuvas.

Como forma de garantir o acesso à água potável para essa população, a Defesa Civil Estadual articulado com o Ministério da Integração, encaminhou um caminhão-pipa para atender as demandas emergenciais da cidade, após publicação do decreto de situação de emergência assinado em agosto pelo governador Tião Viana.

Uma das regiões beneficiadas com este atendimento é o Loteamento Garrincha, comunidade onde vivem mais de 200 pessoas. Francilene de Oliveira, é moradora do local e comenta que esta ação chegou num momento de grande dificuldade.

“Os reservatórios ficaram com pouquíssima água, então tínhamos que usar o mínimo possível e as coisas de casa, como lavar as roupas, só era possível na casa de vizinhos ou parentes. Era algo trabalhoso, principalmente pra mim que tenho criança em casa. Porém esse carro-pipa trouxe mais comodidade pra enfrentar esse tempo seco”, disse.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade