REVISTA TAE - Carros-pipa auxiliam a distribuição de água para oito comunidades de Rio Branco

Esta notícia já foi visualizada 168 vezes.

Carros-pipa auxiliam a distribuição de água para oito comunidades de Rio Branco

Data:30/11/2017- Fonte:www.agencia.ac.gov.br

ANDRÉ ARAÚJO 

O governo do Acre, por meio do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) e da Defesa Civil Estadual recebe o apoio de seis carros-pipa para contribuir com a distribuição de água potável em Rio Branco.

Um convênio foi articulado com o Ministério da Integração após o decreto de situação de emergência assinado em agosto pelo governador Tião Viana, para atender os moradores das vilas Santa Cecília, Liberdade, Adauto Frota e Manoel Marques, além dos ramais do Joca, Marizal, Panorama e o loteamento Santos Dumont.

“Uma das consequências deste período de seca, o segundo pior estágio, de acordo com a série histórica, ocasionou que muitos poços domiciliares secaram o que gerou muitas dificuldades para as comunidades que dependem dessas fontes”, destaca o diretor-presidente do Depasa, Edvaldo Magalhães.


Cerca de 4 mil famílias recebem esta ação emergencial que conta com a parceria entre os técnicos da autarquia e líderes comunitários para detectar os locais que precisavam de água potável.

“A ajuda dos caminhões-pipas foi fundamental para a gente enfrentar as dificuldades do verão, principalmente a dos poços sem água. Porém, com esse abastecimento, tivemos a garantia de uma quantidade que deixava a gente fazer as coisas de casa”, relata o morador da Vila Liberdade, Cleudo Alves.

Com a acentuação das chuvas e a recuperação gradativa dos mananciais, o convênio alcança a sua etapa conclusiva onde a autarquia segue com os trabalhos de monitoramento e organizar um cronograma para ampliar a rede de distribuição de água, além de promover campanhas contra o desperdício.

Os caminhões-pipas que atendem a capital são abastecidos com a água tratada da ETA II de Rio Branco (Foto: André Araújo)

Outras cidades

Os efeitos da estiagem de 2017 também impactaram as cidades de Porto Acre, Brasileia e Bujari que enfrentaram dificuldades no sistema de abastecimento, devido ao baixo volume de água de seus mananciais e reservatórios.

Um carro-pipa atende o município de Porto Acre, especificamente os moradores da Vila do Incra. Em Brasileia, os bairros 28 de Maio, 8 de Março e Nazaré serão contemplados com o atendimento de um carro-pipa, somando-se a outro que cotidianamente atende essas comunidades, articulado pela prefeitura.

No Bujari a operação durou 38 dias, onde oito caminhões-pipa transportaram mais de 21 milhões de litros de água, numa somatórias de 1.065 viagens em 44 mil quilômetros percorridos entre as Estações de Tratamento de Água de Rio Branco e do município vizinho.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade