REVISTA TAE - FIRJAN junta-se à Coalizão Cidades pela Água

Esta notícia já foi visualizada 194 vezes.

FIRJAN junta-se à Coalizão Cidades pela Água

Data:06/12/2017- Fonte:Assessoria de Imprensa

Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro contribuirá para a mobilização de empresas e a divulgação da iniciativa, que ajuda a garantir água para o Grande Rio de Janeiro

 

No momento em que a perspectiva de uma crise de água volta a preocupar os moradores de diversas regiões do estado do Rio de Janeiro, a Coalizão Cidades pela Água, que tem como objetivo contribuir para a segurança hídrica de 12 das maiores regiões metropolitanas do Brasil, acaba de ganhar um aliado importante, no Rio. A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN) assinou nesta segunda-feira (04) um convênio de colaboração com a The Nature Conservancy (TNC), maior organização ambiental do mundo e coordenadora da Coalizão, o que deve ampliar o alcance da iniciativa no estado. A FIRJAN mobilizará empresas afiliadas para apoiarem a conservação de rios e nascentes que abastecem o Grande Rio de Janeiro e contribuirá com a divulgação da iniciativa.

 

Para o vice-presidente do Sistema FIRJAN, Sérgio Duarte, a parceria é mais um passo importante para o fortalecimento da economia do Rio. “O Mapa do Desenvolvimento do Rio de Janeiro 2016-2025, elaborado pela FIRJAN com o apoio de empresários do estado, aponta a necessidade de se buscar maior segurança hídrica para garantir a sustentabilidade dos negócios, e essa parceria vai justamente nesse sentido. Além de contribuir para a preservação do meio ambiente, investir na infraestrutura verde pode ser um grande diferencial competitivo não só para o estado, mas para todo o país”.

 

A Coalizão Cidades pela Água, lançada em novembro de 2015, reúne empresas líderes em seus setores, inclusive concorrentes, para apoiarem o trabalho de fortalecimento da infraestrutura verde, como são chamadas as soluções ambientais baseadas na própria natureza – por exemplo, restauração de solos degradados e reflorestamento em áreas de mananciais. Essas medidas contribuem para a regularidade do abastecimento de água, o que é fundamental nos períodos de seca, e para o controle da erosão, medida que eleva a qualidade da água e reduz os custos de tratamento no sistema de distribuição.

 

“Investir em conservação de mananciais é uma medida inteligente economicamente, porque os custos acabam se pagando, mas é também um benefício para a sociedade e para os produtores rurais. O produtor sai ganhando porque tem a tranquilidade de cumprir a lei e de sempre ter água para a produção agrícola e para o gado, além dos ganhos com os produtos florestais. A sociedade, por sua vez, se beneficia porque a floresta ajuda a garantir água mesmo nos períodos de seca e contribui para manter a biodiversidade e evitar as mudanças climáticas”, explica Samuel Barrêto, gerente de Água da TNC e coordenador da Coalizão Cidades pela Água.   

 

Desde 2009, a TNC trabalha com governos municipais, comunidades e organizações não-governamentais locais para identificar áreas prioritárias para a conservação de nascentes que alimentam o sistema Guandu, de onde vem a água de mais de 60% da população da capital e da região metropolitana do Rio, e para conservar essas fontes de água. Os projetos liderados pela TNC já ajudaram a restaurar 550 hectares de florestas na bacia do rio Guandu e a viabilizar o Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) a mais de 70 produtores rurais que preservam áreas de nascentes em suas propriedades na região.

 

O trabalho da Coalizão no Rio de Janeiro segue um modelo desenvolvido pela TNC em diversos países da América Latina, os Fundos de Água. Esse modelo propõe a união de esforços dos setores público e privado para investir nas fontes de água e, com isso, contribuir para a segurança hídrica de algumas das principais metrópoles da região. Por meio da Aliança Latino-americana de Fundos de Água, a TNC já contribui com a preservação de mananciais nas regiões metropolitanas de São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba e Vitória, além de Camboriú (SC) e do Distrito Federal, no Brasil, e de cidades como Monterrey (México), Medellín (Colômbia), Quito (Equador) e Santiago (Chile).

 

Sobre a TNC

A The Nature Conservancy (TNC) é uma organização global de conservação ambiental dedicada à preservação em grande escala das terras e água das quais a vida depende. Guiada pela ciência, a TNC cria soluções inovadoras e práticas para os desafios mais difíceis do mundo, para que a natureza e as pessoas possam prosperar juntos. Trabalhando em 72 países, a organização utiliza uma abordagem colaborativa, que envolve comunidades locais, governos, setor privado e outros parceiros. No Brasil, onde atua há mais de 25 anos, a TNC promove iniciativas nos principais biomas, com o objetivo de compatibilizar o desenvolvimento econômico e social dessas regiões com a conservação dos ecossistemas naturais. O trabalho da TNC concentra-se em ações ligadas à Agropecuária Sustentável, à Segurança Hídrica e à Infraestrutura Inteligente além de Restauração Ecológica e Terras Indígenas. Saiba mais sobre a TNC em http://www.tnc.org.br

 

Sobre a FIRJAN

O Sistema FIRJAN, representante legal dos 102 sindicatos patronais industriais, trabalha através das suas cinco organizações (SESI, SENAI, IEL, FIRJAN e CIRJ) em áreas fundamentais para o setor empresarial. A FIRJAN atua nas esferas municipal, estadual e federal para defender questões que impactam diretamente a competitividade da indústria, entre elas a preservação do meio ambiente e a disponibilidade hídrica.

 

Sobre a Coalizão Cidades pela Água

A Coalizão Cidades pela Água é uma iniciativa da TNC em parceria com o setor privado, lançada em novembro de 2015 com objetivo de ampliar a segurança hídrica de 12 regiões metropolitanas brasileiras até 2020, por meio de ações de recuperação e conservação de nascentes e mananciais em áreas críticas para a produção de água. No Brasil, já fazem parte da Coalizão empresas globalmente reconhecidas Kimberly-Clark, Faber-Castell, Arcos Dourados, McDonald’s, Unilever Procter&Gamble e Bank of America Merrill Lynch.

 

Sobre a Aliança pelos Fundos de Água:

Em 2011, The Nature Conservancy (TNC), Fundação Femsa, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Fundo para o Meio Ambiente Mundial (FMAM) criaram a Aliança Latino-americana de Fundos de Água, que tem o objetivo de contribuir para a preservação e a restauração das bacias que fornecem água paras algumas das principais cidades da região, por meio da criação e do fortalecimento dos Fundos de Água. Saiba mais em www.fondosdeagua.org

 

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade