REVISTA TAE - Corsan reforça sistemas para garantir abastecimento no verão

Esta notícia já foi visualizada 268 vezes.

Corsan reforça sistemas para garantir abastecimento no verão

Data:18/12/2017- Fonte:Corsan

A Corsan está realizando uma série de obras e melhorias operacionais em sistemas estratégicos para reforçar o abastecimento e minimizar a ocorrência de problemas no verão. Além de investir em regiões tradicionalmente movimentadas no período de veraneio, como o Litoral e as cidades de Gramado e Canela, a Companhia executa ações no sistema integrado de Gravataí e Cachoeirinha, entre outros locais.

Os investimentos incluem aumento de produção e de reservação, implantação e substituição de redes e perfuração de poços, entre outras medidas. Conforme o diretor-presidente da Corsan, Flávio Ferreira Presser, a segurança hídrica é uma das prioridades da Companhia. “Estamos trabalhando permanentemente para aumentar a eficiência dos serviços prestados e garantir água de qualidade e em quantidade para a população”, destacou.

Confira os principais investimentos

LITORAL

Capão da Canoa e Xangri-Lá

- Novas elevatórias de água bruta (no valor de R$ 2.219.000,00) e de água tratada (R$ 2.575.000,00) (concluídas).

- Adutoras de água tratada (concluídas). Investimento: R$ 12.217.000,00.

- Anéis de reforço na rede de distribuição (concluídos). Investimento: R$ 1.050.000,00.

- Três reservatórios (concluídos), sendo um com capacidade de 1000 m³ (no valor de R$ 1.240.000,00) e dois de 500 m³ (nos valores de R$ 836.000,00 e R$ 940.000,00).

- Manutenção de reservatórios (concluída).

- Interligações de adutoras e reservatórios ao sistema (concluídas).

- Ampliação do sistema de abastecimento de água (concluída), o que inclui o aumento da produção de 440 l/s para 650 l/s. Investimento: R$ 10.926.000,00.

Atlântida Sul e Rainha do Mar

- Substituição de bombeamento de água tratada, aumentando a confiabilidade do sistema (concluída).

- Aumento da produção de água tratada para 300 l/s, o que inclui 90 l/s oriundos de poços e 210 l/s provenientes de maior adução de água bruta. Também está prevista a ampliação do bombeamento de água tratada (em projeto).

Imbé

- Nova travessia no rio Tramandaí para adução de água bruta, o que diminuiu perdas e aumentou a disponibilidade de água no sistema (concluída). Investimento: R$ 256.000,00.

Tramandaí

- Dois novos reservatórios, com capacidade de 250 m³ cada (concluídos).

Cidreira e Balneário Pinhal

- Instalação de dois novos reservatórios em inox com capacidade total de 200 m³ em Salinas (em andamento). Investimento: R$ 430.000,00.

- Substituição de 1.140 metros de adutora de água bruta (concluída). Investimento: R$ 195.000,00.

GRAMADO E CANELA

- Construção de reservatório de 3 mil m³ na Aldeia do Papai Noel, em Gramado. Com investimento de R$ 3.651.579,44, a obra teve ordem de início dada em 3 de novembro deste ano e deverá ser executada no período de quatro meses. A medida dobrará a capacidade de reservação da cidade, que passará para 6.930 m³.

- Na ETA, localizada em Canela: ampliação da capacidade de bombeamento, elevando a adução de água bruta de 93 para 108 l/s (concluída); instalação de novos grupos motor-bomba e outras melhorias operacionais que possibilitaram o aumento da produção de 210 para 280 l/s (concluídas); novo floculador, que elevará a capacidade operacional da ETA para 600 l/s, num sistema que contará com novos bombeamentos e assentamento de adutora de água bruta e água tratada (em projeto).

- Dois reservatórios, sendo um de 1.500 m³ e outro de 3.000 m³ (em projeto).

- Implantação de serviço de redução de perdas de água e implantação de Centro de Controle Operacional que vai monitorar o sistema de abastecimento 24 horas por dia (em andamento).

- Perfuração e aproveitamento de poços artesianos, que vão reforçar o atendimento em mais 10 litros por segundo em Canela e a mesma produção em Várzea Grande (Gramado) (em andamento).

Por meio das medidas acima listadas, que representam um investimento total de R$ 14.224.000,00, houve um incremento de 30% no sistema de abastecimento de água integrado de Gramado e Canela.

GRAVATAÍ E CACHOEIRINHA

- Instalação de grupo motor-bomba em estação de bombeamento de água bruta, o que permitirá aduzir mais 350 l/s (em andamento), reforçando o sistema (em andamento). Investimento: R$ 363.270,00.

- Modernização da Estação de Bombeamento de Água 4 (EBAT-4), em Cachoeirinha, o que aumentará a confiabilidade e a segurança do abastecimento das duas cidades e ampliará a adução em cerca de 125 l/s (em andamento). Investimento: R$ 1.752.028,00.

- Nova adutora de água tratada em Cachoeirinha, partindo da EBAT-4 até a av. Flores da Cunha, com extensão de 3.540m (em andamento). Investimento: R$ 3.665.406,85.

- Nova adutora de água tratada em Gravataí, partindo do entroncamento da Estrada da Cavalhada até o reservatório R-32, com extensão de 2.474m (concluída). Investimento R$ 1.029.504,81.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade