REVISTA TAE - Sonho de ter água de qualidade nas torneiras começa a se tornar realidade em Caetés e Capoeiras

Esta notícia já foi visualizada 161 vezes.

Sonho de ter água de qualidade nas torneiras começa a se tornar realidade em Caetés e Capoeiras

Data:09/01/2018- Fonte:Secretaria de Imprensa

O governador Paulo Câmara encerrou sua extensa agenda de ações voltadas para o desenvolvimento hídrico de municípios da Mata Norte (Lagoa do Carro e Ferreiros) e do Agreste Setentrional (Salgadinho),  visitando, na manhã deste sábado (06), o município de Caetés, no Agreste Meridional de Pernambuco. O chefe do Executivo estadual lançou o edital de licitação para a implantação do Sistema Adutor que abastecerá as cidades a partir da Estação de Tratamento de Água (ETA) de Garanhuns. A operação, que terá um aporte de R$ 15,6 milhões, beneficiará cerca de 15 mil habitantes, 8 mil em Caetés e 7 mil em Capoeiras.

“Nós tivemos todo o cuidado de buscar as alternativas para dar prioridade a essa obra e só anunciá-la quando ela estivesse realmente garantida. Segunda-feira (08) já estará publicado o edital de licitação e nos próximos 60 dias a gente volta aqui para dar a Ordem de Serviço e ter as máquinas iniciando essas obras. Teremos, em seis meses, quando a obra começar, a concretização desse sonho, de trazer água através dessa adutora de 28 quilômetros que vai ser construída. Temos que governar assim, sentando à mesa, vendo as parcerias para que realmente possamos atingir aquilo que é nosso objetivo”, concluiu o governador.

O  sistema será composto de uma estação elevatória  com a implantação de tubulações de 200 e 250 mm para transporte de 25 l/s (litros por segundo) desde a Estação de Tratamento de Água (ETA) de Garanhuns até as casas dos caeteenses e capoeirenses. A obra tem um prazo de 180 dias para conclusão após a emissão da ordem de serviços.

O presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, destacou que a população dos municípios beneficiados poderá receber água de várias fontes hídricas de Garanhuns. “Nós estamos, na verdade, antecipando em muitos anos uma adutora que foi projetada, a Adutora do Agreste, para atender esses dois municípios, trazendo água do sistema integrado de Garanhuns, que tem as barragens de Cajueiro, Mundaú e Inhumas pra poder atender essa população. Serão 28 quilômetros de adutora pra que a gente possa chegar aqui e alegrar a toda essa cidade, tanto aqui de Caetés como de Capoeiras”, ressaltou.

O prefeito de Caetés, Armando Duarte, comemorou a realização de um sonho antigo da população do município. “Hoje vossa excelência traz a melhor notícia dos últimos anos pra população de Caetés e Capoeiras. Uma obra dessa envergadura, do tamanho e do valor que ela vai ser construída, é o sonho da nossa população sendo realizado. Eu tenho certeza que nós temos uma parceria e essa parceria é pra beneficiar o povo de Caetés e o povo de Pernambuco”, frisou.

A prefeita de Capoeiras, Neide Reino, destacou o potencial econômico que as cidades ganharão com a regularização do abastecimento de água. “O comércio não pode funcionar sem água, a agricultura não pode funcionar e crescer sem água e a gente fica satisfeito de, diante de uma situação tão difícil, de crise financeira e de falta de água, saber que essas duas cidades vão ter uma independência em relação ao abastecimento de água”, finalizou.

Moradora do município de Caetés, a dona de casa Maria Arlinda Ferro, de 57 anos, relevou com alegria que, com a implantação do novo sistema adutor, poderá trazer, finalmente, água encanada para sua casa. “Atualmente, água encanada não tem. É muito difícil. Se Deus me der condição, depois dessas obras eu posso até encanar água aqui para minha casa. Até já teve aqui em algumas épocas, mas eu nem sei lhe dizer o tempo. Por causa da dificuldade financeira, também, a gente não tem mais. Mas tenho fé que agora tudo vai mudar”, comemorou.


+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade