REVISTA TAE - Defesa Civil monitora constantemente elevação das águas dos rios acreanos

Esta notícia já foi visualizada 179 vezes.

Defesa Civil monitora constantemente elevação das águas dos rios acreanos

Data:09/01/2018- Fonte:www.agencia.ac.gov.br

Marcelo Torres 
 
Com as constantes chuvas em todo o Acre, as Defesas Civis Estadual e Municipal, juntamente com a Comissão Estadual de Gestão de Riscos Ambientais (CEGdRA), realizam o monitoramento constante dos rios em todas as cidades.

Na manhã desta segunda-feira, 8, o Rio Acre amanheceu na marca de 9,30 metros. A medição é considerada a 5ª mais elevada para a data, desde 2005. Em Rio Branco, a cota de alerta é de 13,50 metros e de transbordamento, 14 metros.

De acordo com as previsões do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), as chuvas no trimestre dezembro, janeiro e fevereiro serão acima da média, o que pode ocasionar a elevação dos níveis dos rios.

“Nas últimas 24 horas, tivemos um acumulo significativo de chuvas na região do Alto Acre e isso acarreta a elevação das águas do Rio Acre e da bacia de Assis Brasil, Brasileia, Xapuri, Capixaba, Riozinho do Rola e Rio Branco. Neste momento, a situação é de acompanhamento das variáveis hidrológicas de chuva e do nível dos rios em toda a bacia”, explicou o coordenador da Defesa Civil Municipal, coronel George Santos.

De acordo com o porta-voz do Corpo de Bombeiros Militar do Acre, major Cláudio Falcão, para o enfrentamento das mudanças climáticas, seja em época de cheia dos rios ou estiagem, a autarquia, em consonância com os demais órgãos estaduais e municipais, se une para traçar um plano de contingência.

“Neste primeiro momento, estamos acompanhando a situação dos rios em todos os municípios do Acre e também do Rio Madeira, na região do Abunã e de Porto Velho. Portanto, ainda está em uma margem de segurança com relação ao transbordamento”, declarou Falcão.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade