REVISTA TAE - Cagepa realiza audiência pública e apresenta proposta de realinhamento tarifário

Esta notícia já foi visualizada 315 vezes.

Cagepa realiza audiência pública e apresenta proposta de realinhamento tarifário

Data:19/01/2018- Fonte:Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa)

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) realizou, na tarde desta quinta-feira (18), no auditório da Cinep, em João Pessoa, audiência pública para apresentar a proposta de realinhamento tarifário de 2,9% para este ano. Agora, a Agência de Regulação da Paraíba (ARPB) vai analisar a proposta e decidir o índice que será implementado. Pelo sétimo ano consecutivo, o reajuste não contemplará as famílias beneficiadas pela Tarifa Social, permanecendo o valor de R$ 11,62 para serviços de água e esgoto.

O assessor para Assuntos Regulatórios da Companhia, Ricardo Benevides, justificou o acréscimo de 2,9%, o que representa R$ 1,07 a mais por mês para os usuários residenciais que consomem até 10 mil litros de água. “A tarifa nessa faixa de consumo sairá dos R$ 36,84 atuais para R$ 37,91, valor necessário para cobrir as despesas com insumos e materiais e garantir os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário”, destacou.

Ricardo Benevides explicou que 72% dos clientes da Cagepa estão na faixa de consumo de até 10 mil litros mensais. Para esses, o acréscimo será de R$ 1,07 por mês, ou seja, menos de cinco centavos por dia. Para os imóveis que possuem os serviços de água e esgoto, a proposta é de um acréscimo R$ 1,93, passando dos atuais R$ 66,31 para R$ 68,24.

“Começamos a perceber que a situação hídrica, apesar de ainda crítica, começa a dar sinais de melhora. A transposição das águas do Rio São Francisco, aliada às obras de transposições internas dentro do Estado, estão fazendo a situação começar a reverter. O Governo do Estado vem fazendo um tremendo esforço para investir em infraestrutura hídrica e de saneamento. Isto é o que tem viabilizado manter nossas tarifas em níveis baixos”, explicou o assessor.

Ainda segundo Ricardo Benevides, atualmente, a tarifa mínima de água da Cagepa é menor do que a cobrada em estados vizinhos, como Rio Grande do Norte (R$ 38,32), Pernambuco (R$ 40,18) e Alagoas (R$ 44,20). “Mesmo com o reajuste, a nossa tarifa continuará menor do que a dos nossos vizinhos, que ainda serão realinhadas este ano”, finalizou.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade