REVISTA TAE - Deso implanta nova adutora no município de Santa Rosa de Lima

Esta notícia já foi visualizada 348 vezes.

Deso implanta nova adutora no município de Santa Rosa de Lima

Data:26/01/2018- Fonte:Companhia de Saneamento de Sergipe -Deso

Com o intuito de ampliar o fornecimento de água em Santa Rosa de Lima, estiveram em reunião na última terça-feira, dia 23, na Companhia de Saneamento de Sergipe -Deso, o diretor-presidente da Deso, Carlos Melo, o prefeito de Santa Rosa de Lima, Luis Roberto Júnior, Sílvio Múcio Farias, diretor de Operações, Carlos Anderson Pedreira, Superintendente de Sistemas Regionais e Vitor dos Santos Almeida, gerente de Operações Regional Centro-Oeste.

De acordo com Carlos Melo, diretor-presidente da Companhia, uma nova adutora foi feita no município, para que os problemas no abastecimento da localidade possam ser solucionados. "Foram perfurados dois poços na sede do município de Santa Rosa de Lima, pois sabemos que naquela região tem água de qualidade. Todos observamos que em Rio Escuro, Areias e Lagoa do Carão, a água não é suficiente e nem de qualidade. Foi feito então uma adutora nova entre a sede do município e o Povoado Lagoa do Carão. Desse povoado até o Povoado Areias, já está pronta, ou seja, a água sairá de Santa Rosa de Lima, vai para o Canabravo, Lagoa do Carão até o Areias. Toda essa obra já está pronta, estamos apenas aguardando chegar dois conjuntos motobombas que vão operar nesses poços novos e fazer um pequeno trecho de 160 metros que está sendo feito durante essa semana, para interligar todo esse Sistema. Acreditamos que a partir da próxima semana todo esse Sistema estará em operação e com isso solucionado todos os problemas dos Povoados Areias e Lagoa do Carão", afirmou.

Para Luis Roberto Júnior, prefeito de Santa Rosa de Lima, a confiança no trabalho que a Deso realiza, levará boas notícias para a região. "Temos uma demanda muito grande no abastecimento de água, principalmente no Povoado Areias, até porquê, é o local que mais cresceu no município nos últimos cinco anos. Então a população vem sofrendo muito, pois precisa de um transporte, um carro, um animal, uma carroça para se deslocar e ir comprar algo de fora para poder consumir. Muitas vezes a água que chega ao município não é de boa qualidade, e hoje estamos com mais de 15 dias que o povoado está desabastecido. Estamos todos com boa expectativa, confiando no trabalho da Deso, para que consigamos regularizar esse abastecimento de água. Ficamos preocupados com o anseio da população e buscamos resolver o quanto antes. A partir de agora, vemos que as obras serão concluídas. Estamos esperando chegar dois equipamentos para poder finalizar e levar água em todos os povoados. Levamos agora boas notícias. Cobramos da Deso e vemos a empresa trabalhando. Sabemos de todas as dificuldades existentes, por conta de poço que se cava e não tem vazão suficiente ou quando tem vazão, mas não tem qualidade. Acreditamos que iremos concluir isso o mais breve possível", disse ele.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade