REVISTA TAE - Caerd mostra avanços nas obras que levarão água tratada a 100% das casas em Porto Velho (RO)

Esta notícia já foi visualizada 209 vezes.

Caerd mostra avanços nas obras que levarão água tratada a 100% das casas em Porto Velho (RO)

Data:30/01/2018- Fonte:www.aesbe.org.br

As obras ampliação e melhoria do sistema de abastecimento de água de Porto Velho estão avançadas e devem proporcionar à população atendimento em 100% das moradias da capital. A informação foi transmitida ao governador Confúcio Moura por técnicos da empresa contratada para os serviços, na última sexta-feira (26).

Confúcio visitou a estação de tratamento do Bate Estacas acompanhado da presidente da Companhia de Água e Esgotos de Rondônia (Caerd) para verificar o andamento das obras e saiu otimista. “Até abril as residências de Porto Velho terão água tratada. Na etapa seguinte serão feitas as retificações, correção de eventuais vazamentos nas redes”, disse ele.

Técnicos da Caerd explicaram ao governador que a estação que está sendo finalizada funciona com sistema totalmente automatizado e que utiliza o mínimo de intervenção humana.

As obras de implantação do sistema de água tratada da capital envolvem quase R$ 300 milhões e fazem parte do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), do governo federal.

Nos últimos sete meses os serviços foram paralisados para proteger um sítio arqueológico existente na área da estação de tratamento.

ESTAÇÃO

Um dos segmentos beneficiados é a região sul da cidade, onde o abastecimento fica comprometido em alguns meses do ano, problema que será totalmente corrigido com o funcionamento da nova estação de tratamento.

O atendimento com água tratada em 100% das residências de Porto Velho, conforme o governador, trará economia para o poder público, além de diminuir a mortalidade infantil. “Os hospitais deixarão de comprar medicamentos, os idosos terão menos doenças e melhor qualidade de vida”, avaliou Confúcio.

Segundo Iacira Azamor, inicialmente devem ser atendidos os moradores dos bairros em situações mais críticas. Mas toda a cidade será contemplada com os serviços. “As redes foram executadas. Agora, falta concluir adutoras”, afirmou sobre o andamento das obras.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade