REVISTA TAE - Cetesb mostra seu trabalho no Conselho de Meio Ambiente da Fiesp

Esta notícia já foi visualizada 195 vezes.

Cetesb mostra seu trabalho no Conselho de Meio Ambiente da Fiesp

Data:30/01/2018- Fonte:Cetesb

Carlos Roberto dos Santos apresentou um balanço das principais ações desenvolvidas pela Cia., que completará em julho próximo 50 anos de atividade

O presidente da Cetesb, Carlos Roberto dos Santos, apresentou ao Conselho Superior Temático de Meio Ambiente da FIESP, no dia 23/01, um balanço das principais ações desenvolvidas pela Companhia, que completará em julho próximo 50 anos de atividade, desenvolvendo neste período políticas públicas que garantiram ao Estado respeitabilidade na área ambiental.

Com dois mil funcionários, 46 unidades descentralizadas e 18 laboratórios, assegurou aos conselheiros que, durante estes anos, a Cetesb se firmou como o principal órgão do país em expertise na área ambiental. Em cinco décadas de existência, ampliou sua rede automática de monitoramento da qualidade do ar, contando hoje com 90 estações que registram uma média de 14.200 dados diários de monitoramento, com 400 tipos de medições.

No monitoramento da qualidade das águas, realizado desde 1974, conta atualmente com 462 pontos, executando medições em rios e represas a cada dois meses, com mais de 100 mil medições por ano. Um destaque é o trabalho de balneabilidade das praias, feito desde a década de 70. Hoje são 174 pontos de amostragem em 157 praias. “Em média, temos 1 ponto de monitoramento a cada 1,5 km de distância”, afirmou Carlos Roberto.

Ainda no campo das águas, a Cetesb também verifica a qualidade das águas subterrâneas, com 352 poços tubulares e nascentes monitorados; e, desde 2009, está integrada à Rede Quali-Quanti, com 28 poços de monitoramento.

Seus laboratórios, acreditados pelo INMETRO, realizam em torno de 400 mil análises por ano, com ensaios físico químicos, microbiológicos, toxicológicos, hidrobiológicos, emissões de veículos automotores, ar, ruído e vibração, além de ensaios de campo.

Também tem forte participação nos atendimentos a acidentes ambientais. De 1978 a 2016 foram mais de 10 mil ocorrências registradas.

Outras participações relevantes são no controle e a fiscalização ambiental; na fiscalização da destinação de resíduos sólidos; nas ações de controle e da remediação de áreas contaminadas; no apoio ao fomento de projetos ambientais, por meio do Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição (FECOP) e Fundo Estadual para Prevenção e Remediação de Áreas Contaminadas (FEPRAC); e, também, na forte presença em acordos de cooperação internacional, oferecendo, ainda, cursos de capacitação.

“Todo este trabalho foi possível devido a uma equipe de técnicos altamente qualificados e com larga experiência adquirida ao longo da existência da companhia, o que possibilitou à Cetesb possuir a maior e mais completa rede de monitoramento de qualidade ambiental do país”, afirmou o presidente Carlos Roberto.

Ao final, fez questão de dar destaque ao trabalho que vem sendo desenvolvido de simplificação do licenciamento ambiental no Estado, com a introdução da concessão da licença por meio eletrônico, dando mais agilidade e desonerando o empreendedor. Hoje, a Cetesb possui 144 mil empreendimentos cadastrados e com uma média de 25 mil licenças/ano concedidas.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade