REVISTA TAE - Sala de vídeo conferência é inaugurada na Sanesul

Esta notícia já foi visualizada 164 vezes.

Sala de vídeo conferência é inaugurada na Sanesul

Data:22/02/2018- Fonte:www.sanesul.ms.gov.br

Cursos de Segurança do Trabalho têm nova ferramenta de aprendizado



Vídeo conferência, em tempo real, se tornou ferramenta da Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) para redução de despesas e cumprimento de normas de segurança do trabalho. No ano passado, a tecnologia foi adotada, como auxílio, para treinamentos obrigatórios. Para melhorar a eficiência da comunicação online, sala apropriada com novos equipamentos foi construída e inaugurada na tarde da última terça-feira (20/02) numa transmissão multiponto para formação de membros e designados da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho) com funcionários da Regional de Três Lagoas.

Durante a transmissão de orientações sobre medidas de segurança, no expediente dos servidores – conforme prevê a legislação-, os diretores da Sanesul, presidente Luiz Rocha, o financeiro André Soukef e o assessor da presidência Flávio César conferiram o funcionamento do novo espaço para aprendizado da empresa. “Quero parabenizar a dedicação dos trabalhadores que buscam a área de segurança do trabalho, vocês são pioneiros, aqui na empresa, nessa era da comunicação digital”, comentou o diretor-presidente da Sanesul, Luiz Rocha.  

Com a implantação da modalidade vídeo conferência, segundo a gerente de Desenvolvimento de Pessoas (Gedep) Tânia Moura, a Sanesul economizou e reduziu os riscos de acidentes nas estradas para palestrantes e funcionários. “Em função da nova modalidade, houve redução de 46% do valor de investimentos nesses cursos. Em 2016, foram R$ 48.961,00 e, no ano passado, R$ 26.263,00. Também houve eficiência na economia de tempo do funcionário, sem necessidade de se deslocarem do interior para Campo Grande e vice-versa”, explicou a gerente Tânia Moura.

A coordenadora de treinamentos, Valéria Cristina do Nascimento, já tem avaliações positivas no comparativo de custo e benefício dos cursos online na formação de cipeiros (profissionais responsáveis pela fiscalização das condições de trabalho).



“Além da questão da redução de riscos na estrada, os funcionários ficaram satisfeitos com o fim do deslocamento, porque não ficam mais longe da família e eles evitam os desgastes físicos com viagens”, comentou Valéria. 
 

Redução de acidentes

Com o cumprimento das normas de segurança e o olhar voltado para o trabalhador, a Sanesul fechou 2017 com redução em quase 30% de acidentes de trabalho. No ano passado, de acordo com estatísticas da Gerência de Administração de Pessoas - Processo Segurança do Trabalho (Geap/ST), foram registrados 26 acidentes de trabalho, enquanto que, no mesmo período de 2016, houve 37 registros. “A redução é significativa, mas a empresa vem investindo para zerar os acidentes de trabalho”, destacou a gestora de Segurança do Trabalho, Keila Rocha Barbosa.

Além dos cursos online de Segurança do Trabalho, a Sanesul realizou o treinamento escavação a céu aberto, ministrando a parte teórica por vídeo conferência e só a parte prática em cada localidade, treinando 317 funcionários. A Sanesul investiu na ordem de R$ 25.850,00 nesses cursos presenciais. De acordo com a gerente Tânia Moura, se esses treinamentos fossem só presenciais, o investimento teria acréscimo de 222%. “Os treinamentos de escavação são feitos nos locais e com as ferramentas de segurança, cumprindo as exigências da lei”, explicou Moura.

Para êxito nos cursos e capacitação dos profissionais, segundo o diretor André Souket, a empresa vem investindo recursos financeiros e buscando comunicação eficiente e em tempo real. “Estamos preparando as unidades da Sanesul para receberem treinamentos à distância por meio de plataformas virtuais, investimos em mini-estrutura de gravação para realização de palestras, reuniões entre áreas, utilizando vídeo conferência, web conferência ou teleconferência. Isso será um grande avanço para os funcionários, pois permite a disseminação de conhecimentos e informações, com menor custo e mais agilidade”, detalhou o diretor financeiro André Soukef.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade