REVISTA TAE - CASAN reforça orientação para população de Içara sobre esgoto

Esta notícia já foi visualizada 219 vezes.

CASAN reforça orientação para população de Içara sobre esgoto

Data:23/02/2018- Fonte:CASAN

Inscrições para curso gratuíto permanecem estão abertas

A CASAN está reforçando as ações de orientação para a população de Içara, cidade que está colocando em operação seu Sistema de Esgotamento Sanitário (SES).

No dia 1° de março será ministrado um novo curso gratuito para instaladores hidráulicos, encanadores e pedreiros de Içara. Assim como aconteceu no curso anterior realizado na cidade, o objetivo é orientar como fazer a ligação das residências ao sistema público de esgotamento sanitário que entrou em operação na cidade.

A capacitação será novamente realizada no auditório da Secretaria Municipal de Saúde, localizada na Rua Marcos Rovaris, ao lado do Banco Itaú. Inscrições e outras informações podem ser obtidas pelo telefone (48) 3432-8727

A CASAN vai também repetir a orientação em praça pública, com uma atividade agendada  para o dia 3 de março, sábado. Além disso um carro de som fará novamente visita aos bairros beneficiados com o sistema, incentivando a conexão das residências ao sistema público de esgotamento sanitário.

O Sistema de Esgotamento Sanitário atende moradores dos bairros Centro, Jaqueline, Jardim Elizabete, Cristo Rei e Raichaski. O efluente vai para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) localizada no bairro Jaqueline. A unidade tem capacidade de depurar até 14 litros de esgoto por segundo, em sistema de lodos ativados, em que bactérias se alimentam da matéria orgânica e permitem sua decomposição de forma acelerada.

 Saiba Mais:

Esgotamento Sanitário: entenda a importância do serviço de coleta e tratamento:

O que é esgoto?

Chamamos de esgoto a água que resulta do banho, da descarga do vaso sanitário, da lavação de louças e de roupas, entre outras atividades. Os resíduos líquidos das residências formam os esgotos domésticos, e os de fábricas recebem o nome de esgotos industriais.

O que há no esgoto doméstico?

O esgoto das residências é composto por 99,9 % de água, 0,1% de sólidos e inúmeros organismos vivos, como bactérias, vírus, vermes e protozoários, que são liberados junto com os dejetos humanos.

Por que o esgoto precisa ser tratado?

O sistema de coleta e tratamento evita a contaminação das pessoas e a transmissão de doenças. Além disso, é fundamental tratar o esgoto para conservar os ambientes naturais, pois o despejo de esgoto nas águas dos rios ou no mar provoca poluição e pode provocar a morte de peixes e de outros seres aquáticos. A destinação inadequada de esgotos sanitários é uma das principais causadoras da poluição do solo, de águas subterrâneas, de mananciais de superfície e de cursos d’água.

O que é sistema coletivo de esgotos?

Em um grande número de residências o que ocorre é o tratamento individual do esgoto, que é feito nas fossas e sumidouros. Nos sistemas coletivos administrados pela CASAN, o esgoto é coletado em cada imóvel, passa por uma rede de tubulações e é levado para ser depurado em uma estação de tratamento. Só depois retorna à natureza.

Qual a importância de um sistema público de esgotamento sanitário?

São diversos benefícios, especialmente à saúde. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que 70% da mortalidade infantil até cinco anos é motivada por doenças que poderiam ser evitadas com uma adequada estrutura de saneamento.

Além disso, o tratamento em larga escala nas cidades é fundamental para preservação dos mananciais, onde a água é coletada para abastecimento da população.

Há ainda benefícios do ponto de vista econômico, com valorização dos imóveis, redução dos gastos com tratamento de doenças (estudos apontam que para cada R$ 1 investido em saneamento básico há uma redução de cerca de R$ 4 a R$ 5 nos gastos com medicina curativa) e estímulo a atividades de lazer e de turismo.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade