REVISTA TAE - Ministro das Cidades sinaliza liberação de recursos para retomada da Barragem do Córrego Bandeirinha

Esta notícia já foi visualizada 216 vezes.

Ministro das Cidades sinaliza liberação de recursos para retomada da Barragem do Córrego Bandeirinha

Data:26/02/2018- Fonte:www.saneago.com.br

O presidente da Saneago, Jalles Fontoura, e a diretora de Expansão, Juliana Matos, participaram da reunião no Ministério das Cidades, em Brasília, para discutir a retomada das obras da Barragem do Córrego Bandeirinha, no município de Formosa. 

Na ocasião, os representantes da Companhia apresentaram o projeto, bem como o orçamento detalhado, e enfatizaram que já existem licença ambiental e área desapropriada, estando pendentes apenas os recursos financeiros. Em contrapartida, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, sinalizou que o financiamento é plenamente possível, por meio do FGTS.

De acordo com ele, a única condicionante para o fechamento do convênio, de cerca de R$ 100 milhões, seria a assinatura do Contrato de Programa entre a Saneago e a Prefeitura de Formosa. Isso porque o atual Contrato de Concessão tem vencimento em 2025, prazo que é considerando insuficiente para a obtenção de recursos por meio de financiamentos. 

O presidente da Saneago, Jalles Fontoura, ressaltou que a Barragem do Córrego Bandeirinha é “um sonho antigo de Formosa e representará a tranquilidade para o abastecimento de água do município nos próximos 30 anos”. Ele pontuou que o próximo passo será iniciar as tratativas para assinatura do Contrato de Programa, bem como elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico de Formosa, para a qual colocou a Companhia à disposição da Prefeitura. 

A Barragem do Córrego Bandeirinha terá 440 metros de comprimento e acumulará volume de 6 milhões de metros cúbicos de água. A expectativa é que o complexo tenha capacidade de abastecer 138.729 habitantes, com uma vazão máxima de 308 litros por segundo. No entanto, é importante ressaltar que a vazão regularizada da barragem, garantida em 100% do tempo, será da ordem de 450 litros por segundo, o que vai assegurar, com projetos de ampliações futuras, o abastecimento a uma população de 200 mil habitantes.

Durante a reunião, também estiveram presentes o Superintendente Executivo de Desenvolvimento Regional (SED), Pedro Ivo, o empresário e ex-secretário de Indústria e Comércio, Marino Colpo, os técnicos da Regional da Saneago Formosa, Luiz Humberto e Lindemberg  Magalhães.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade