REVISTA TAE - Secretário de Infraestrutura visita obras de Estação de Tratamento de Esgoto em Dourados

Esta notícia já foi visualizada 326 vezes.

Secretário de Infraestrutura visita obras de Estação de Tratamento de Esgoto em Dourados

Data:05/03/2018- Fonte:Acom/ Sanesul

Diretor-presidente da Sanesul, Luiz Rocha, e várias autoridades e políticos acompanharam essa vistoria técnica

Foto: Divulgação/Seinfra

O secretário de Estado de Infraestrutura de Mato Grosso do Sul, Marcelo Miglioli, acompanhado do presidente da Sanesul, Luiz Rocha, visitou nesta sexta-feira as obras da Estação de Tratamento de Esgoto Ipê, em Dourados, que vai garantir 12 mil novas ligações de esgoto na cidade.

Esse empreendimento deverá ser concluído ainda no primeiro semestre deste ano, segundo a programação de obras, com investimentos na ordem de R$ 41,8 milhões, sendo R$ 36 milhões de verba federal (do Programa de Aceleração do Crescimento 2) e de R$ 5,7 milhões de recursos próprios.

O secretário Marcelo Miglioli esclareceu à imprensa que, com essas obras concluídas, Dourados terá a quinta estação de tratamento de esgoto. Em seguida, será dado início a duplicação dessa estação; projeto que já está em andamento. “A ideia é utilizar nesse mesmo módulo, a estação ao lado. Hoje, de 100 litros por segundo vão passar para 200 litros por segundo (com a ampliação)”, explicou o secretário.

Segundo o diretor-presidente da Sanesul, Dourados terá também a ampliação da Estação do Tratamento de Esgoto Laranja Doce. “Será à margem direita de Córrego Laranja Doce, isso já está orçado no Pac2, possibilitando mais de 12 mil novas ligações”, comentou Luiz Rocha.

 
Com as duas novas estações, o secretário Marcelo Miglioli concluiu que Dourados terá 85% de saneamento básico da região. “Meta estabelecida pelo Governo que investe em saneamento, a população pode não ver, mas é a política do nosso governador Reinaldo Azambuja investir em saneamento. Segundo os novos cálculos da Organização Mundial de Saúde (OMS), para cada R$ 1,00 investido em saneamento, economiza-se R$ 9,00 em saúde. Por isso, o Governo de Mato Grosso do Sul investe R$ 1 bilhão até o final de 2018 em sistemas de água potável e de coleta e tratamento de esgoto”, enfatizou Miglioli.


Investimentos em água

As obras foram planejadas, de acordo com o diretor-presidente da Sanesul, Luiz Rocha, baseadas no crescimento demográfico da segunda maior cidade do Estado. Em Dourados, só com captação, reserva e distribuição de água, serão quase R$ 100 milhões de investimentos.  “A Sanesul está investindo R$ 100 milhões em obras que melhoram a água de Dourados e também a vida da população; essas obras acontecem prevendo também o crescimento vegetativo que deve estar acontecendo nos próximos 20 anos”, afirmou. 

O diretor-presidente da Sanesul explicou que, desses quase R$ 100 milhões, R$ 60 milhões já estão em obras e R$ 40 milhões ainda serão licitados.




+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade