REVISTA TAE - Barragem Acauã vai receber 4,8 milhões de metros cúbicos d’água do açude de Boqueirão

Esta notícia já foi visualizada 168 vezes.

Barragem Acauã vai receber 4,8 milhões de metros cúbicos d’água do açude de Boqueirão

Data:08/03/2018- Fonte:www.cagepa.pb.gov.br

A barragem Argemiro de Figueiredo, que é popularmente conhecida como Acauã e fica localizada no município de Itatuba, vai receber 4,8 milhões de metros cúbicos de água do açude Epitácio Pessoa (Boqueirão). A resolução que autoriza a abertura da comporta de Boqueirão foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (7) pela Agência Nacional das Águas (ANA) e a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa).

A situação de Acauã ficou crítica por conta da estiagem nos últimos 5 anos. O açude tem apenas 3,47% da capacidade, o equivalente a 7 milhões de metros cúbicos. Com o auxílio de Boqueirão, que tem mais de 411 milhões de metros cúbicos, deve ser regularizado o abastecimento nas cidades de Itatuba, Ingá, Itabaiana, Juarez Távora, Juripiranga, Mogeiro, Pilar, São José dos Ramos e Salgado de São Félix; e os distritos Zumbi e Boqueirão de Gurinhém. Cerca de 100 mil pessoas serão beneficiadas.

“A responsabilidade pela operação da comporta de Boqueirão ficou a cargo do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas. Solicitamos ao Dnocs que a abertura seja feita na sexta-feira. Como os resultados dos testes realizados na semana passada foram satisfatórios, não teremos problemas para controlar a vazão da água”, informou o presidente da Aesa, João Fernandes da Silva.

De acordo com o presidente da Aesa, a abertura da comporta não prejudicará Campina Grande e outras 18 cidades que são abastecidas pelo reservatório Epitácio Pessoa. “Nós temos segurança hídrica em Campina e região. Esta segurança é dada pelo volume em Boqueirão e também pela quantidade de água que estamos recebendo da transposição. Em média está chegando 4 metros cúbicos por segundo e nós estamos gastando apenas 2,3 metros cúbicos por segundo. Desta forma, não há com o que se preocupar”, explicou Fernandes.

A iniciativa tem o apoio do presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do rio Paraíba, Ulysmar Curvelo Cavalcante. “Tão logo o reservatório de Acauã ofereça segurança hídrica para a população daquela região, as suas comportas devem ser abertas para perenizar o rio Paraíba até a foz”, recomendou por meio de ofício enviado à agencia estadual.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade