REVISTA TAE - Novo Horizonte lidera ranking do Município VerdeAzul pelo terceiro ano consecutivo

Esta notícia já foi visualizada 303 vezes.

Novo Horizonte lidera ranking do Município VerdeAzul pelo terceiro ano consecutivo

Data:16/03/2018- Fonte:Sabesp

Mais uma vez Novo Horizonte, no interior de São Paulo, liderou o "Ranking Ambiental dos Municípios Paulistas". Esse índice avalia a eficácia das ações ambientais realizadas nas cidades que participam do Programa Município. Com a conquista, esse foi o terceiro ano consecutivo que a cidade ficou em primeiro lugar. 

Lançado em 2007 pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, o Programa tem como objetivo estimular e auxiliar prefeituras paulistas na elaboração e execução de políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável. Ao todo, são propostas dez ações que, no final do ciclo anual, passam por análises, gerando um Indicador de Avaliação Ambiental. Entre elas, estão a gestão das águas e o esgoto tratado, serviços que, no caso de Novo Horizonte, estão há 40 anos nas mãos da Sabesp.

Nestes dois quesitos, a cidade conseguiu quase nota máxima. Na gestão das águas, por exemplo, foram 9,54 pontos e no esgoto tratado 9,96. Os bons números são resultados dos constantes investimentos da Sabesp no município, que, desde a assunção, em maio de 1977, até março do ano passado, aplicou R$ 62,3 milhões nos serviços de saneamento básico de Novo Horizonte.

Para ter ideia, quando a Sabesp assumiu, a cidade contava apenas com 21 mil metros de rede de água e 25 mil metros de rede de esgoto, permitindo que somente 40% dos moradores fossem atendidos e nenhum esgoto fosse tratado.

Agora, a situação mudou. Hoje, o município possui 146 mil metros de rede de água e 157 mil metros de rede de esgoto, além de novas captações de água e estação de tratamento de esgotos. Tal avanço, permite que a Sabesp atenda toda a população e trate todos os efluentes gerados na cidade - um fator que contribui significativamente com a melhora da qualidade do Rio Três Pontes, afluente do principal rio de São Paulo, o Tietê.

Em relação à educação ambiental, outro indicador avaliado, Novo Horizonte alcançou a  nota máxima (10 pontos) segundo o levantamento. A contribuição da Sabesp, neste ponto, é a  participação em importantes comemorações da cidade, que envolvem alunos da rede de ensino municipal, estadual e particular, além de da presença ativa no Conselho Municipal do Meio Ambiente.

“Entre as premissas do Programa Município Verde-Azul, estão tratamento de esgotos, gestão das águas e educação ambiental, ações realizadas com excelência pela Sabesp. Isso contribui para bons  resultados como os de Novo Horizonte, Fernandópolis, entre outros municípios operados pela empresa, que obtiveram o selo Município Verde-Azul", ressalta Antonio Rodrigues da Grela Filho, superintendente da Sabesp na Unidade de Negócio Baixo Tietê e Grande.

Município VerdeAzul

Além de Novo Horizonte, outras 23 cidades atendidas pela Sabesp também receberam o selo Município VerdeAzul, foram elas: Fernandópolis (2°), Perdeneiras (3°), Botucatu (4°), Itanhaém (9°), Bertioga (10°), Caraguatatuba (12°), Gabriel Monteiro (13°), Gastão Vidigal (15°), Itatiba (17°), Monte Alto (24°), Sagres (25°), Rubinéia (30°), Tatuí (31°), Pedrinhas Paulistas (32°), Magda (33°), São Bento do Sapucaí (35°), Guararema (37°), Santos (39°), Adamantina (40°), Itararé (41°), Cabreúva (42°) e Socorro (43°).

 Saiba mais: http://verdeazuldigital.sp.gov.br.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade