REVISTA TAE - Sanesul investe em tecnologia e implanta novos sistemas nos laboratórios

Esta notícia já foi visualizada 249 vezes.

Sanesul investe em tecnologia e implanta novos sistemas nos laboratórios

Data:13/04/2018- Fonte:ACOM/SANESUL

Laboratórios da Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul produzem 370 mil resultados analíticos/ano

A Sanesul está cada vez mais investindo em tecnologia e modernizando seu trabalho para atender a população do Mato Grosso do Sul. Recentemente, por meio da Gerência de Tecnologia da Informação (Geti), a estatal desenvolveu três sistemas que permitem dar maior agilidade às rotinas dos laboratórios da Empresa, ao monitoramento da qualidade de água e à operação de tratamento de efluentes.
 
Esses novos programas de computador são conhecidos como Sistemas de Análises de Água – Regionais (SAAR), Sistema de Análises de Efluentes (SAE) e o Sistema de Análises – Laboratório Central (SALC).
 
O gerente de controle sanitário da Sanesul, José Roberto da Silva Almeida, explica que todos esses sistemas têm estruturas modernas que permitem compartilhamento simultâneo das informações entre as áreas de interesse da Empresa e para geração de relatórios para atender as legislações federal e estadual.
 
“Os laboratórios da Sanesul realizam análises de acordo com as legislações vigentes, o que assegura o monitoramento da qualidade da água para consumo e a operação dos sistemas de esgotamento sanitário”, disse José Roberto.
 
O gerente ressalta que os dez laboratórios regionais realizam análises de parâmetros de maior frequência, totalizando 60 mil amostras e mais de 320 mil resultados analíticos por ano.

Já o Laboratório Central realiza análise de maior complexidade em água e efluentes, produzindo mais de 50.000 resultados analíticos por ano.
 
“Para atender essa demanda há a necessidade de sistemas informatizados mais modernos e isso faz toda a diferença para garantir um serviço de qualidade”, falou ele.
 
Para o supervisor de laboratório da Sanesul, Renato Augustos Santos, a tecnologia é fundamental. “Além de trazer mais confiabilidade e agilidade na execução das análises, este sistema tem o potencial de suportar todo o controle operacional do nosso sistema de gestão da qualidade acreditado pelo INMETRO”, ressalta ele.
 
A Sanesul possui 11 laboratórios, sendo um central, em Campo Grande, e outros 10 regionais instalados nas cidades de Aquidauana, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas.
O gerente da Geti, Altair Alvarenga, destaca a contribuição da Tecnologia da Informação (TI) com o saneamento básico.  “A TI, com o desenvolvimento e implantação de sistemas informatizados, tem sido intensificada, visando aumentar a produtividade, a qualidade dos serviços prestados e, principalmente, melhora a qualidade na tomada de decisões", conclui.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade