REVISTA TAE - Seções da ABES em PE, BA e SP presentes em seminário internacional sobre tecnologias para tratamento de água e efluentes

Esta notícia já foi visualizada 194 vezes.

Seções da ABES em PE, BA e SP presentes em seminário internacional sobre tecnologias para tratamento de água e efluentes

Data:16/04/2018- Fonte:ABES

Ana Paula Rogers


A ABES apoiou o “Seminário Internacional de Tecnologias Avançadas para Tratamento de Água e Efluentes”, promovido pela aQuamec entre os dias 9 e 13 de abril, que reuniu especialistas internacionais em diferentes cidades do Brasil. A entidade esteve presente nas edições realizadas em Pernambuco, Bahia e São Paulo.

O presidente da ABES Seção Pernambuco (ABES-PE), Sergio Xavier dos Santos, participou, na terça, 10 de abril, da abertura do evento, na sede da Companhia Pernambucana de Saneamento – Compesa, em Recife/PE.


Em sua apresentação, Sergio Xavier falou sobre a importância do tema para atualização e análise técnica e econômica de soluções a serem adotadas, comparando com as tecnologias disponíveis e já utilizadas, diante das constantes mudanças atuais.

Ele abordou também a MP do Saneamento. “Alertei a todos sobre a luta da ABES em todo o Brasil contra a medida provisória que o Governo Federal pretende implantar, em detrimento da Lei 11.445/2007 do Saneamento, sem qualquer discussão com a sociedade”, diz. “Isso causará o colapso do subsídio cruzado, com a falência do saneamento nos municípios mais pobres, pois com a consulta pública as operadoras iriam buscar participar apenas nós municípios superavitários”, completa.

 

Sérgio comentou, ainda, sobre a pretensão de colocar o Saneamento na ANA, “que não tem o conhecimento e experiência já desenvolvida. A ANA poderia dar um apoio com sua expertise na Regulação”, destaca. “Conclamei a todos a divulgarem no meio técnico e sociedade em geral, inclusive aos Deputados e Prefeitos para formarem uma oposição à  Medida Provisória”, conta.

Segundo o presidente da ABES-PE, o evento foi bastante concorrido, sendo dividido em dois auditórios da nova sede da Compesa. Empresas apresentaram durante o dia experiências e produtos do Canadá, Reino Unido, Finlândia, EUA, entre outros.

 
No dia 11, em Salvador, o presidente da ABES-BA, Arnor de Oliveira Fernandes Junior, falou ao público presente no Hotel São Salvador. Apresentou a ABES e o programa Jovens Profissionais do Saneamento.



No dia 12, representando a ABES-SP, a diretora Roseane M. Garcia Lopes de Souza, também coordenadora das Câmaras Técnicas de Resíduos Sólidos e Saúde Pública da entidade, participou da abertura do seminário no Centro Britânico, na capital paulista.


Roseane parabenizou a “forte parceria” entre a ABES e aQuamec, que é associada da entidade, e falou sobre a importância da realização do evento. “Estão sendo apresentadas nessa ‘turnê’ tecnologias e inovações, que o setor de saneamento a cada dia precisa mais para que possamos melhorar e dar impulso à questão da qualidade dos serviços e de uma boa gestão”, enfatizou.

A engenheira explicou aos presentes o papel da ABES, que em 2018 completa 52 anos de existência. “É uma associação que tem a missão de fomentar a capacitação, o desenvolvimento tecnológico e as questões políticas no Brasil. Estamos sempre buscando legislações que enquadrem as nossas melhorias no saneamento”, destacou. Falou também sobre a Rio Water Week, que acontecerá no Rio de Janeiro de 26 a 28 de novembro, no Riocentro. “Tecnologias e inovações são bem-vindas no nosso evento”, disse Roseane.

Ainda sobre o seminário, a diretora da ABES-SP chamou a atenção para o trabalho da aQuamec, que segundo ela, vem com a interessante missão de divulgar tecnologias avançadas na questão do saneamento não só em São Paulo, mas também em outros locais do Brasil. “Precisamos dessa visão, porque precisamos melhorar, dar um salto em tecnologias no setor de saneamento – água, esgoto, resíduos, drenagem, meio ambiente. E os palestrantes deste evento atingem vários segmentos do setor. Estão mostrando as tecnologias que podem ser possíveis no Brasil. Isso é importante. Precisamos avançar”, reforçou ela.

Para o diretor executivo da aQuamec, Marco Antônio Formicola, o evento “é uma oportunidade de andar por algumas das principais cidades do país e na Argentina, divulgando não só as tecnologias que a nossa empresa disponibiliza no mercado como também os nossos serviços, além das diversas tecnologias apresentadas por meio dos nossos parceiros”, afirmou. Ao todo, 22 empresas estrangeiras, segundo ele, compõem o road show. “Tem sido uma grande oportunidade. E tem demonstrado uma receptividade muito boa de cada um dos mercados”, frisou.

 

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade