REVISTA TAE - Visita à sede da Fábrica Tracto-Thechnik em Lennestadt, Alemanha 09 a 13 de abril de 2018

Esta notícia já foi visualizada 142 vezes.

Visita à sede da Fábrica Tracto-Thechnik em Lennestadt, Alemanha 09 a 13 de abril de 2018

Data:25/04/2018- Fonte:Assessoria de Imprensa

A cada três anos a empresa Tracto-Thechnik promove o evento "Hands on Days", “mãos na massa”, onde aos visitantes é permitido visitar a fábrica sede da empresa, ver as máquinas e equipamentos funcionando e também manusear e operar os mesmos. 

A maior parte dos equipamentos são para instalação de redes por meio do emprego do Método Não Destrutivo, onde a escavação ao longo de toda a extensão da rede não é não necessária. Processos como o GrundoDrill (perfuração direcionada), GrundoBurst (rompimento estático das redes), GrundoCrack (rompimento dinâmico) e GrundoRam (tubos cravados) não causam grandes impactos nas vias, evitando também múltiplas viagens de transporte de terra durante o processo executivo, com poucas interrupções e mínimos impactos gerados ao tráfego. 
                              
No processo de pipebursting, o diferencial das máquinas alemâs é o processo de engate das hastes metálicas, nele se transmite com maior eficiência o esforço de “pull back”, por sua forma de encaixe da alavanca similar a um engate rápido, e  não por meio de hastes roscadas, como o da maiorira dos equipamentos convencionais. 
          
Durante a visita, houve a oprortunidade de conhecer também um conjunto de equipamentos recém adquiridos pela Comgás, o Keyhole, que faz em conjunto com outros equipamentos, a remoção da capa asfáltica, a sucção do solo escavado, a conexão do ramal à rede existente, e tudo isso fora da vala. Pronto o processo, não serão mais visíveis "carpetes de pavimentos", ou seja, um método esteticamente limpo, seguro e tudo disposto num único caminhão de carroceria compacta. 
         
Um outro equipamento interessante é a máquina de reciclagem do material de solo escavado. 
Com ele, somente poucos volumes de terra durante o serviços são transportados e dispostos em aterros, contribuindo para a  redução de emissões.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade