REVISTA TAE - Pró-Mananciais define ações em São João do Oriente

Esta notícia já foi visualizada 134 vezes.

Pró-Mananciais define ações em São João do Oriente

Data:25/04/2018- Fonte:www.copasa.com.br

Mais de 7.800 moradores da microbacia Santo Estevão serão beneficiados pelo programa realizado pela Copasa

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) realizou, no dia 11/04, mais uma etapa do Programa Pró Mananciais no município de São João do Oriente, com a Oficina do Futuro – Caminho Adiante. Durante a reunião, promovida pelo Coletivo Local de Meio Ambiente (COLMEIA), os presentes planejaram as ações a serem implementadas na microbacia, que irá beneficiar 7.874 pessoas.

Ficaram definidas as seguintes iniciativas para dar início à aplicação do investimento: plantio de mudas, oficinas, biodigestores (equipamento que utiliza microrganismos para decompor matéria orgânica e podem gerar energia por meio de gases) e construção de barraginhas, que acumulam água, facilitando a sua absorção no solo e na contenção da erosão.

A integrante do COLMEIA e secretária municipal de Meio Ambiente, Priscila Almeida Aredes, conta que o trabalho entre os parceiros faz grande diferença. “A formação do COLMEIA possibilitou uma maior aproximação dos parceiros com a comunidade. Todos estamos juntos, buscando contribuir para a recuperação do manancial”, explica.

Para a coordenadora do Pró Mananciais no Vale do Aço, Regina Magda de Sá, a iniciativa da Copasa irá colher bons frutos para a comunidade e o meio ambiente. “Gostei muito da atuação da comunidade na Oficina do Futuro. Os produtores são conscientes das necessidades de preservação das nascentes e mananciais e estão dispostos a contribuir para isso”, comenta.

Dentro também da Oficina do Futuro, foram realizadas o ‘Muro das Lamentações’, atividade em que os participantes discutem os problemas das microbacias; e a ‘Árvore da Esperança’, para promover propostas de mudanças e soluções para as dificuldades enfrentadas.

Proteção e preservação
Desenvolvido pela Copasa desde 2017, o Pró-Mananciais tem como meta recuperar e preservar nascentes e mananciais dos municípios utilizados para abastecimento público. Com aprovação da Agência Reguladora dos Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário de Minas Gerais (Arsae MG), o programa mobiliza a comunidade e instituições parceiras para construir coletivamente o sentimento de pertencimento da população à microbacia da região onde está inserida.

No primeiro ano de atuação foram investidos cerca de R$ 20 milhões em 58 municípios mineiros. Atualmente o programa está presente em 82 cidades. O objetivo é atingir 164 municípios, com 200 hectares de mudas plantadas em todo o estado até o final de 2018.

As atividades também incluem o cercamento de nascentes; cercamento e plantio de mudas nativas em mata ciliar e a implantação de bacias de contenção de enxurradas.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade