REVISTA TAE - Novo presidente da CASAN visita cidades do Interior

Esta notícia já foi visualizada 179 vezes.

Novo presidente da CASAN visita cidades do Interior

Data:27/04/2018- Fonte:CASAN

Diário de Viagem

Para dar continuidade ao diálogo que iniciou com a Companhia e com a sociedade em 6 de abril, dia em que assumiu a presidência da CASAN,  Adriano Zanotto fez um roteiro de três dias pelo Interior para ouvir as demandas dos prefeitos e munícipes e conhecer a realidade dos colegas que estão na ponta.

 Em três dias visitou nove cidades e conversou com casanianos de 27 municípios. Em sua página do Facebook, canal onde é bem atuante, o presidente foi narrando detalhes ao longo do roteiro quase que em tempo real. A Gerência de Comunicação Social compartilha pela Rede CASAN os textos e fotos postados por Zanotto ao longo da semana.

1º dia
Terça-feira, 24 de abril

Iniciei na manhã de hoje, por Curitibanos, um giro de três dias pelo Interior. Sempre é muito bom sair da sede por alguns momentos e se aproximar dos pleitos de outras regiões. Ouvi de colegas de Ponte Alta, Ponte Alta do Norte, Santa Cecília, São Cristóvão, Correia Pinto, Rio do Sul e Curitibanos relatos sobre a nossa operação, dei entrevistas nos veículos de imprensa locais, visitei unidades da CASAN e parti rumo à próxima parada com a boa sensação de estar conhecendo, a cada minuto, um pouco mais sobre a realidade do saneamento do nosso Estado. Avante!


Lebon Régis

No segundo capítulo de meu roteiro pelo Interior fiz questão de posar ao lado da bandeira de Lebon Régis, ladeado pelo prefeito Douglas Mello, pelo vereador Dorval Zanotto Filho e pelos colegas Écio Bordignon e Osvaldo. Na pequena cidade passei férias inesquecíveis da infância, me banhando nas águas do Rio dos Patos, correndo em suas ruas e calçadas. Hoje como presidente da CASAN tenho a satisfação de poder contribuir com investimentos em saneamento, levando mais qualidade de vida e mais saúde a uma gente ordeira, trabalhadora e hospitaleira.

Em Videira

Na sequência, segui rumo ao município de Videira onde pude me apresentar e dialogar com os funcionários locais e das agências Pinheiro Preto, Ibiam, Ibicaré, Treze Tílias, Salto Veloso, Arroio Trinta e Rio da Antas. Foi uma conversa acolhedora e energizante o suficiente para encarar as demandas locais, que como todos sabem são bem desafiadoras.

2º dia
Quarta-feira, 25 de abril

O segundo dia de viagem pelo Interior começou com um diálogo com o prefeito Dorival Carlos Borga, em Videira, cidade que fiz questão de incluir no roteiro para ouvir pessoalmente as demandas de sua população. Na Câmara, na noite anterior, disse aos vereadores que a empresa reconhece o passivo para com a cidade, mas apresentei um conjunto de investimentos que, realizados nos últimos anos, vêm melhorando o abastecimento de água. Há muito a fazer em Videira: temos recursos e disposição, se a municipalidade assim desejar.

(OBS: na reunião com os funcionários, realizada em Videira, estavam funcionários das agências de Pinheiro Preto, Ibiam, Ibicaré, Treze Tílias, Salto Veloso, Arroio Trinta e Rio da Antas).

Na vizinha Caçador, terra de meus familiares, me senti muito à vontade, como sempre foi desde criança. Mantive uma agradável e esclarecedora conversa com os colegas da CASAN local e de Macieira, visitei a Estação de Tratamento de Água e pude conversar com o prefeito Saulo Sperotto, antes de partir rumo à escala Canoinhas-Mafra.

Mafra e Canoinhas

Antes de iniciar o último capítulo do roteiro que estou realizando desde terça-feira pelo Interior, compartilho com os amigos que vêm acompanhando a jornada pelo Facebook uma coincidência interessante em meio à passagem por Mafra: a reunião com os funcionários da CASAN foi realizada em uma sala alugada junto ao Instituto de Previdência do Estado (IPREV), autarquia que tive a honra de presidir de 2011 a 2015. Fiz questão de registrar essa feliz casualidade em foto, pois deve significar bons auspícios neste primeiro roteiro pelo Estado como presidente da Companhia.

Antes de chegar a Mafra, porém, estive em Canoinhas, onde realizei um grande encontro com funcionários da região, incluindo as cidades de Timbó Grande, Monte Castelo, Major Vieira, Bela Vista do Toldo, Itaiópolis e Matos Costa. Nesta escala, uma singela reivindicação comprovou, pra mim, o quanto é importante deixar o escritório e sair a campo: as funcionárias sugeriram que a CASAN encomende modelos mais femininos para os uniformes das mulheres, que felizmente ocupam cada vez mais espaços em nossa empresa.


3º dia
Quinta-feira, 26 de abril

No terceiro e último dia do roteiro pelo Interior circulei pelo Litoral. Em Barra Velha, reforcei ao prefeito Valter Zimmermann a importância da licença ambiental para que a CASAN possa licitar a Estação de Tratamento de Esgoto que a cidade tanto espera, já que a avaliação está sob responsabilidade do órgão municipal de meio ambiente.

Pena, porém, que tive pouco tempo para conversar com os colegas de Barra Velha. Fizemos uma conversa rápida, mas já deixei agendado um retorno para repetir o que consegui nas demais cidades: ouvi-los com atenção.

Em Piçarras tive tempo de ouvir as percepções do prefeito Leonel Martins sobre nossos serviços. Mantivemos um diálogo cordial e produtivo, que serviu de pauta para a conversa com os funcionários da agência CASAN da cidade.

Dialogar: acredito que este verbo sintetiza os três dias de visitas. Escutar as demandas de quem está na ponta era o principal objetivo da viagem. A sensação é de missão cumprida.




 

 

 

 
 
 

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade