REVISTA TAE - ABES e FESPSP firmam parceria para MBA em Saneamento Ambiental

Esta notícia já foi visualizada 145 vezes.

ABES e FESPSP firmam parceria para MBA em Saneamento Ambiental

Data:09/05/2018- Fonte:Assessoria de Imprensa

 Curso terá um dos módulos ministrado pela London School of Economics and Political Science (LSE), da Inglaterra, considerada uma das principais instituições de ensino do mundo.
 
A ABES – Associação Brasileira de Engenharia Sanitária Ambiental passa a oferece, a partir deste mês de maio, mais uma excelente oportunidade de qualificação: a entidade acaba de firmar uma parceria com a Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, por meio de seu Núcleo de Estudos e Pesquisas Socioambientais e Núcleo de Pesquisa em Ciências Sociais, para a realização do curso MBA Saneamento Ambiental EAD. Associados ABES terão 15% de desconto. Uma apresentação completa sobre o curso será realizada no dia 23 de maio, às 18h30, na sede da ABES-SP. Os interessados em participar podem confirmar presença pelo email comunicacao2@abes-sp.org.br

A proposta do curso MBA Saneamento Ambiental EAD  é direcionada aos profissionais do setor de saneamento e de gestão de bacias, além de técnicos e especialistas da área.

Com uma linguagem técnica e voltada às boas práticas, o curso é ministrado por especialistas de renome nacionais e internacionais, tendo um Módulo Executivo Internacional ministrado na London School of Economics and Political Science (LSE), considerada uma das principais instituições de ensino do mundo, casa de 18 vencedores do Prêmio Nobel.
 
Reserve a data:
Apresentação do MBA Saneamento Ambiental EAD
Quando: 23 de maio, às 18h30
Onde: Sede da ABES- SP – Rua Eugênio de Medeiros, 242 – 6º andar – Pinheiros – 05425-900
São Paulo – SP
Confirmar presença: pelo telefone 11 3814-1872 ou e-mail comunicacao2@abes-sp.org.br
 
Sobre a ABES
Com quase 52 anos de atuação pelo saneamento e meio ambiente no Brasil, a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES reúne em seu corpo associativo cerca de 10.000 profissionais do setor. A ABES tem como missão ser propulsora de atividades técnico-científicas, político-institucionais e de gestão que contribuam para o desenvolvimento do saneamento ambiental, visando à melhoria da saúde, do meio ambiente e da qualidade de vida das pessoas.

www.abes-dn.org.br
 
Sobre a FESPSP
Criada em 1933, graças aos esforços liderados pelo empresário e intelectual Roberto Simonsen — que a concebia como integrante de um projeto de modernização do Estado apoiado na intelectualidade, no empresariado e na sociedade brasileira em geral —, a Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP) participou dos principais eventos da história das Ciências Sociais no Brasil. Responsável pela implantação das primeiras instituições brasileiras no ensino de Sociologia e de Biblioteconomia, a FESPSP promoveu experiências inéditas em pesquisas de campo da realidade social do País.
 
Intelectuais e políticos de renome passaram pela Fundação e seu corpo diretivo — Fernando Henrique Cardoso, Luiza Erundina, Florestan Fernandes, Adelpha Rodrigues de Figueiredo, Lourival Gomes Machado, Rubens Borba de Moraes, Oracy Nogueira, Donald Pierson, L. A. Costa Pinto, Darcy Ribeiro, Egon Schaden e Emilio Willems são alguns dos nomes sempre lembrados, e seus diplomados destacam-se nos setores da administração privada e pública, do jornalismo, da pesquisa, da gerência de recursos humanos e de materiais, da propaganda, da documentação e das artes, entre outros. A experiência acumulada pela FESPSP permite enfrentar o grande desa?o de nosso tempo: a capacitação de bons pro?ssionais com sólida formação conceitual e que atendam com excelência às exigências do mercado de trabalho.
 
A Pós-Graduação iniciou suas atividades em 1939, pelo sociólogo norte-americano Donald Pierson veio de Chicago lecionar na então Escola Livre de Sociologia e Política, a convite de seu diretor Cyro Berlinck. Pierson organizou o Departamento de Sociologia e Antropologia, que depois se transformou em Divisão de Estudos Pós-Graduados. Em 1941, surgiu a Escola Pós-Graduada de Ciências Sociais. Ao longo dos anos 40, reuniu-se na EPG um seleto grupo de professores — como Florestan Fernandes, Oracy Nogueira e Darcy Ribeiro — que conquistou estudantes de todo o Brasil.
 

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade