REVISTA TAE - Projeto do Governo de Minas Gerais levará água às famílias em vulnerabilidade social

Esta notícia já foi visualizada 136 vezes.

Projeto do Governo de Minas Gerais levará água às famílias em vulnerabilidade social

Data:11/05/2018- Fonte:www.agenciaminas.mg.gov.br

Ação beneficiará municípios do Norte e Vales do Jequitinhonha e Mucuri por meio da estratégia de Enfrentamento da Pobreza no Campo, programa que totaliza investimentos acima de R$ 460 milhões desde 2016


Levar água às famílias em vulnerabilidade social é um dos objetivos do Governo de Minas Gerais com o projeto Sementes Presentes. A iniciativa faz parte da estratégia de Enfrentamento da Pobreza no Campo - Novos Encontros, criada pelo Estado em 2016. Por meio do projeto, em 2018, famílias das regiões Norte, Vales do Jequitinhonha e Mucuri serão beneficiadas com sistemas simplificados de abastecimento de água.

 A ação é coordenada pela Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese) em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG).

Cada kit contém tubulação de distribuição, conjunto de bombeamento, cloradores e conexões, caixa d’água individual para cada propriedade e reservatório central de água de 20 mil litros. Serão distribuídos sete sistemas de abastecimento de água, beneficiando em torno de 700 famílias, em sete municípios.

 De acordo com a coordenadora técnica estadual da Emater-MG, Jane Terezinha da Costa Pereira Leal, a iniciativa visa promover a melhoria da qualidade de vida dos agricultores que sofrem com os longos períodos de estiagem.

“Com a implantação dos projetos, as famílias vão receber água em casa e contar com reservatórios individuais de água. Isso impactará de forma positiva na melhoria da saúde dessas famílias”, diz Jane Leal.

Os recursos para a aquisição dos sistemas, no valor de cerca de R$ 1 milhão, são provenientes da Sedese. A Emater-MG ficou responsável pela elaboração dos projetos técnicos e o acompanhamento dos mesmos. As instalações dos sistemas devem acontecer ainda neste primeiro semestre.

Doação de sementes

Além de doar sistemas simplificados de abastecimento de água, o projeto Sementes Presentes também distribui sementes para famílias em vulnerabilidade social. Em 2017, foram doadas 226 toneladas de sementes de feijão, sorgo e milho para 23,8 mil famílias, em 159 municípios.

Em 2018, serão beneficiadas mais 26 mil famílias de 147 municípios das regiões Norte, Alto, Médio e Baixo Jequitinhonha, Vales do Mucuri e Rio Doce. Elas receberão sementes de hortaliças, como alface, cenoura, abobrinha, beterraba e quiabo.

Ao todo serão 130 mil pacotes de sementes distribuídas. A entrega das sementes de hortaliças é o encerramento da primeira etapa do Sementes Presentes, que teve início em 2017

Enfrentamento à Pobreza no Campo

O projeto Sementes Presentes faz parte da estratégia estadual de Enfrentamento da Pobreza no Campo - Novos Encontros. Ela reúne diversos programas, ações e projetos voltados para a melhoria das condições de vida da população do campo.

São 20 instituições governamentais atuando em três eixos: acesso a serviços públicos, benefícios e transferência de renda; inclusão produtiva; e infraestrutura.

 “Esta é uma experiência interessante do Governo de Minas na elaboração e implantação de políticas públicas. É uma prática fundamental para o desenvolvimento social. Estamos aportando conhecimentos sobre famílias e comunidades vulneráveis socialmente para que alcancem serviços e benefícios públicos, no caso, os serviços de planejamento de produção e de extensão rural”, afirma a secretária da Sedese, Rosilene Rocha.

Entre 2016 e 2017, de acordo com a Sedese, foram investidos cerca de R$ 262,4 milhões nas ações de referentes à estratégia estadual de Enfrentamento da Pobreza no Campo. Para este ano estão previstos mais R$ 202,9 milhões.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade