REVISTA TAE - Dia Internacional da Reciclagem: conscientização e descarte correto de resíduos

Esta notícia já foi visualizada 165 vezes.

Dia Internacional da Reciclagem: conscientização e descarte correto de resíduos

Data:17/05/2018- Fonte:Ares PCJ

Ares PCJ

Por ano, milhões de toneladas de resíduos são gerados, mas nem sempre coletados e destinados corretamente. Contra um descarte que prejudique o ambiente e a saúde, a reciclagem é um processo que aproveita materiais da coleta seletiva, iniciativa presente em 53% dos municípios dos associados à ARES-PCJ.

A reciclagem é um dos objetivos para destino adequado de resíduos de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010), e na região a ARES-PCJ regula a prestação de serviços de limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos dos municípios a partir da resolução 135, que também aborda a reciclagem, tendo como municípios piloto as cidades de Piracicaba e Atibaia.

Apesar da importância da reciclagem, dados sobre o tema são desatualizados. Em 2016, a ABRELPE (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais) concluiu que esse processo não acompanha a geração de resíduos, e somente segmentos de plástico, alumínio e papel possuem dados sobre o assunto.

Além de plástico e alumínio, vidro e isopor também demoram para se decompor. Em Araraquara, a coleta seletiva do DAAE (Departamento de Água e Esgoto) e a Cooperativa Acácia de Catadores, Coleta, Triagem e Beneficiamento de Materiais Recicláveis, permitem reciclar cerca de 1 tonelada de isopor por mês. “Depois de processado, [o isopor] fica um produto similar à madeira, com ele pode ser fabricado roda pé de casa, moldura de quadro, entre outros", afirma a cooperada Marta Joaquim.

Em Americana, a partir da campanha “Nossa cidade mais limpa”, além da coleta de casa em casa a Prefeitura implantou 30 PEVs (Pontos de Entrega Voluntária) para que a população tenha acesso ao descarte correto de resíduos. De acordo com a prefeitura do município, 50 toneladas de materiais são levadas por mês à Cooperativa de reciclagem Cooperlírios.

A utilização de resíduos de forma sustentável depende de: Reciclagem, Redução, Reeducação e Reutilização. Um exemplo é o Projeto Sustent’Arte – Arte com resíduos, iniciativa da BRK Ambiental de Limeira, juntamente com o SESI e o Centro de Promoção Social Municipal. Nele, alunas produziram peças artesanais com tecidos de uniformes dos funcionários, o que dá novo significado ao material e gera renda. Para Elizete Fernandes, uma das alunas, “agora eu estou colocando em prática [tudo que eu aprendi] e pretendo futuramente abrir uma empresa para mim”.


Foto: Ponto de Entrega Voluntária para materiais recicláveis em praça pública de Americana

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade