REVISTA TAE - Compesa realiza obra de melhoria do abastecimento de água

Esta notícia já foi visualizada 78 vezes.

Compesa realiza obra de melhoria do abastecimento de água

Data:21/05/2018- Fonte:Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa)

Quem circula pela Rua Benfica, no bairro da Madalena, Recife, deve ter observado um canteiro de obras Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), entre as ruas Comendador Bento Aguiar e Arlindo Gouveia – em frente ao supermercado Extra. Trata-se de uma intervenção para assentamento de novas redes de distribuição de água, ação que faz parte do projeto de melhoria do abastecimento para 180 mil pessoas em 14 bairros das Zonas Oeste e Norte do Recife. Nesse trecho da Rua Benfica, serão implantados 165 metros de tubulações, numa extensão que foi isolada e sinalizada na via de afastamento – que dá acesso ao supermercado – e por este motivo, não foi necessário realizar desvios no trânsito. A obra na Rua Benfica está prevista para ser concluída no final do mês de junho.


A Madalena é um dos bairros contemplados com o Lote 4 das Obras de Setorização do Recife, que abrange ainda a Iputinga, Torre, Mangueira, Afogados, Mustardinha, Zumbi, Mangueira, Prado, Cordeiro, Rosarinho, Aflitos, Espinheiro e Graças. O objetivo dessa grande obra é dividir a rede que atende essas áreas em cinco setores de abastecimento, possibilitando aumentar o controle operacional do sistema, melhorar as pressões nas tubulações e reforçar o fornecimento de água para a população. Todo projeto prevê a implantação de 20,5 mil metros de rede nesses bairros, entre implantação e substituição de tubulações, além da instalação de uma válvula redutora de pressão e de cinco macromedidores.



As próximas intervenções programadas do Lote 4 serão executadas nas ruas Visconde de Albuquerque, no bairro da Madalena, e na Rua Amélia, no Espinheiro, para assentamento de rede de abastecimento de água. Nos dois locais, as obras devem iniciar no mês de junho. Até o momento, as obras do Lote 4 já estão 33% finalizadas. O Governo Paulo Câmara  e Compesa investem R$ 17 milhões para realizar todo projeto, recursos financiados junto ao FGTS/ Caixa Econômica, e as obras devem ser concluídas até novembro deste ano.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade