REVISTA TAE - Laboratório de Controle da Qualidade do Esgoto da Cesan é acreditado pelo Inmetro na versão 2017 da norma ISO 17025

Esta notícia já foi visualizada 246 vezes.

Laboratório de Controle da Qualidade do Esgoto da Cesan é acreditado pelo Inmetro na versão 2017 da norma ISO 17025

Data:25/05/2018- Fonte: Coordenadoria de Comunicação Empresarial da Cesan

O Laboratório de Controle da Qualidade da Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), em Araçás, recebeu a recomendação da acreditação ISO/IEC 17025 na nova versão 2017, pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). A recomendação foi concedida no dia 18 de maio após quatro dias de avaliação realizada pelos auditores do Instituto.

Foram avaliados requisitos gerenciais, como a organização, o sistema de qualidade, o controle de documentos e o atendimento ao cliente. Já os requisitos técnicos avaliados envolvem a acomodação e condições ambientais, os métodos utilizados para ensaio, os equipamentos, as amostragens, as medições e a garantia de qualidade dos resultados.

Os auditores elogiaram a equipe do laboratório quanto à sua capacidade técnica e também quanto à condução do sistema da qualidade implantado. A auditora Thania Gomide inclusive recomendou que os analistas da E-DCQ se inscrevam no Inmetro para se tornarem auditores também. Ela afirmou que “o Inmetro precisa de mais auditores com o conhecimento e capacidade técnica observada nos analistas da Cesan”.

A acreditação das análises na ISO 17025 aumenta a credibilidade da Companhia como um todo, seja no ambiente corporativo ou no atendimento ao cliente, pois traz um respaldo em nível internacional.

O laboratório que acaba de receber a recomendação é responsável por analisar e monitorar os sistemas de tratamento de esgotamento sanitário, atendimento às demandas operacionais para avaliação da eficiência do tratamento, bem como acompanhar o impacto causado ao meio ambiente.

Os principais benefícios que a Acreditação NBR ISO/IEC 17025 traz:

- maior confiança nos resultados e aceitação mundial;
- maior credibilidade junto aos órgãos ambientais e vigilância sanitária;
- valorização e aumento da capacitação dos funcionários do laboratório;
- valorização da empresa.
A E-DCQ conta atualmente com 12 parâmetros (análises) acreditados. Em agosto de 2018, serão avaliados mais 02 parâmetros novos. De acordo com a gestora da E-DCQ, Juciane Motta, a revisão nas Normas ISO 9001 (versão 2015) e ISO/IEC 17025 (versão 2017) trouxeram muitas mudanças para o Sistema da Qualidade. “Mas a equipe se esforçou, estudou e implementou todas as alterações sem o auxilio de consultoria externa. Fato que demonstra a alta capacidade técnica e comprometimento da equipe”. O desafio agora é acreditar 100% dos parâmetros e a equipe tem se esforçado para isto!!!, ressaltou Elza de Abreu, gerente de Meio Ambiente e Controle de Qualidade.

 

 

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade