REVISTA TAE - 48º CNSA se firma como fórum de debate para as políticas de saneamento

Esta notícia já foi visualizada 152 vezes.

48º CNSA se firma como fórum de debate para as políticas de saneamento

Data:07/06/2018- Fonte:Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento - Assemae

Um evento marcado pela união dos municípios frente aos desafios do saneamento básico no Brasil. Assim pode ser descrito o 48º Congresso Nacional de Saneamento da Assemae, realizado de 27 a 30 de maio, no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza (CE). O encontro reuniu mais de 1.500 participantes, debatendo como tema principal as “Alternativas de financiamentos para o saneamento público”.

Segundo o presidente da Assemae, Aparecido Hojaij, o evento cumpriu com êxito a missão de orientar os municípios para a gestão de qualidade dos serviços públicos de saneamento básico. “No auge dos transtornos provocados pelas paralisações que afetaram todo o país, conseguimos receber quase dois mil participantes de diferentes regiões, que superaram as dificuldades para estar conosco em Fortaleza. Saímos do evento com a disposição renovada no sentido de continuar defendendo o protagonismo dos municípios”, acrescenta.

Programação

A ampla programação de atividades promoveu três painéis principais, que debateram temas como os investimentos públicos do setor, a realidade do Nordeste, e a proposta de mudança no marco legal do saneamento básico. Outras 12 mesas-redondas reuniram especialistas da área para orientar os municípios sobre a superação de desafios atuais, incluindo a gestão de resíduos sólidos, reúso da água, planejamento, controle social, regulação, perdas de água, eficiência energética, segurança hídrica, modelos de gestão e enfretamento da seca.

As apresentações de trabalhos técnicos movimentaram a programação do evento, reforçando o compromisso da Assemae com a difusão de conhecimento científico junto aos municípios. Foram apresentados mais de 150 trabalhos técnicos, que estarão disponíveis nos anais do evento, pela internet.

Já o 2º Prêmio Startup Assemae trouxe projetos inovadores ao setor de saneamento básico, entre eles, a criação de supervisório para a gestão de estações de tratamento de água, o controle remoto de bombas e válvulas hidráulicas, além de tecnologia sustentável de captação de água da chuva.

Minicursos

O evento realizou seis minicursos em Fortaleza, que certificaram 577 participantes, com destaque para o Plano Nacional de Capacitação da Assemae, cujo foco se concentrou na “Gestão e Engenharia de Resíduos de Estações de Tratamento de Águas de Abastecimento”. Há de se ressaltar, ainda, os minicursos sobre a elaboração de planos municipais de saneamento básico e as possibilidades de eficiência energética no setor, frutos de parceria com a Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental do Ministério das Cidades e com o Projeto de Eficiência Energética no Abastecimento de Água (ProEESA).

Feira de Saneamento

A tradicional feira de saneamento básico da Assemae, realizada como parte do Congresso, contribuiu para a geração de negócios entre os municípios e fornecedores de tecnologias. Estruturada em mais de 50 estandes, a feira apresentou soluções que visam melhorar a gestão dos serviços de saneamento, incluindo equipamentos e sistemas inovadores para o tratamento e abastecimento de água, esgotamento sanitário, drenagem de águas pluviais, análises laboratoriais e limpeza urbana nos municípios.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade