REVISTA TAE - Especialistas brasileiros se capacitam em medição de vazão com método acústico Doppler

Esta notícia já foi visualizada 113 vezes.

Especialistas brasileiros se capacitam em medição de vazão com método acústico Doppler

Data:19/06/2018- Fonte:Agência Nacional de Águas (ANA)

De 18 a 22 de junho acontece a Capacitação para a Rede Hidrometeorológica Nacional: Medição de Vazão Utilizando ADCP. O evento é realizado na Sala de Capacitação do SINGREH, na sede da Agência Nacional de Águas (ANA), em Brasília. O objetivo do curso é permitir que representantes do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS na sigla em inglês) transfiram conhecimentos sobre hidrometria a profissionais responsáveis pela implementação e manutenção da Rede Hidrometeorológica Nacional de Referência (RHNR) com utilização do método acústico Doppler. 

Durante a programação do evento os instrutores Jeffery East e David Mueller abordarão aspectos como descrição dos equipamentos ADCP e seus usos em medição de vazão. Os especialistas do USGS também apresentarão diferentes procedimentos para coleta de dados e o uso de GPS juntamente com os equipamentos ADCP. 

O curso também terá um dia de trabalho de campo, em 21 de junho, para que os participantes utilizem os aparelhos de medição na prática. No último dia da Capacitação para a Rede Hidrometeorológica Nacional: Medição de Vazão Utilizando ADCP, os técnicos terão a oportunidade de analisar os dados medidos e aprender procedimentos para este tipo de análise. 

Além de especialistas da ANA, participam do curso cerca de 20 representantes de outros órgãos, como: Serviço Geológico do Brasil (CPRM), Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (IMASUL) e Instituto das Águas do Paraná (ÁGUAS PARANÁ). 

Acordo com o USGS 

Este curso faz parte da contratação do USGS para capacitação técnica de profissionais brasileiros que atuem no planejamento e operação da Rede Hidrometeorológica Nacional, conforme o Memorando de Entendimento BR-20.0000 vigente até 2025. Esta cooperação – assinada pela ANA, CPRM e USGS – prevê intercâmbios de informação técnica, treinamentos e pesquisas. Além da área de recursos hídricos, a parceria engloba outros temas, como: variabilidade climática e mudanças no uso da terra; ecossistemas; e perigos naturais, avaliações de riscos e resiliência. 

Rede Hidrometeorológica Nacional 

A Rede Hidrometeorológica Nacional (RHN) da Agência possui mais de 4,5 mil estações de monitoramento, de diferentes tipos, em todo o País. Há estações fluviométricas (para nível e vazão de rios), pluviométricas (chuvas), sedimentométricas (sedimentos), de qualidade da água, entre outras. Para acessar dados telemétricos da Rede, acesse: www.ana.gov.br/telemetria. 


+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade