REVISTA TAE - Empresas associadas ao Consórcio PCJ investem mais de R$4 Bilhões em Saneamento

Esta notícia já foi visualizada 176 vezes.

Empresas associadas ao Consórcio PCJ investem mais de R$4 Bilhões em Saneamento

Data:26/06/2018- Fonte:www.agua.org.br

Companhias são destaque em Ranking “As maiores do Saneamento” da Revista Saneamento Ambiental

A revista Saneamento Ambiental divulgou em sua última edição (Nº 188) o tradicional ranking do setor intitulado “As maiores do Saneamento”, no qual as empresas associadas e alguns serviços de abastecimento municipais associados ao Consórcio PCJ tiveram destaque. Exemplo disso, é quanto aos investimentos realizados em 2016, ano referência da pesquisa, no qual foram aportados mais de R$ 4,6 Bilhões na área de saneamento pelos associados.

No ranking geral, entre as maiores receitas operacionais líquidas, figuram a Sabesp na primeira colocação, a BRK Ambiental na oitava, a Aegea – controladora da Águas do Mirante – ficou com a 13º posição, a Sanasa/Campinas aparece na 15ª e a DAE Jundiaí na 30º colocação.

Completando a lista aparecem os serviços de abastecimento dos municípios associados: SEMAE de Piracicaba, na 33ª posição, o SAAE Indaiatuba na 40ª, o SAAE Atibaia na 41ª e o DAE Valinhos (DAEV) na 47ª colocação.

No topo da lista das maiores empresas municipais está a SANASA/Campinas, e no levantamento que leva em consideração apenas as empresas de concessão exclusivamente privada a BRK Ambiental é a que aparece na primeira posição.

Todos os associados listados no ranking geral também são citados entre as 50 melhores nas listas de: População Atendida por água, População atendida por Esgoto, Índice de Perdas e no quesito Investimentos em 2016.

A revista, que é considerada uma das mais importantes da área de saneamento, também apresentou uma perspectiva de investimentos para os próximos anos, tendo como base a partir de 2017, pela qual as empresas associadas programam investir quase R$15 bilhões no setor, desse montante, só a Sabesp é responsável pelo investimento de R$ 13,9 Bilhões até 2021.

A publicação também destacou o trabalho realizado pela SANASA no combate as perdas hídricas, ao relatar que a empresa ao lado de apenas outras três (Embasa, Demsur e SAAE Barretos) possuem índice de perdas abaixo de 20%.

Os associados ao Consórcio PCJ ainda foram citados como referência no que tange o tratamento de esgoto, no qual apenas 21 companhias ou serviços do Brasil informam tratar mais de 90% do esgoto coletado. Integram esta lista o SEMAE de Piracicaba (que terceirizou o serviço para a iniciativa privada, através da Aegea/Águas do Mirante), SAAE Indaiatuba, SANASA e DAE Valinhos (DAEV).

A revista com o ranking completo “As Maiores do Saneamento”, está disponível na Biblioteca Digital do site do Consórcio PCJ. 

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade