REVISTA TAE - Corsan colabora com força-tarefa e garante qualidade da água em Santa Maria

Esta notícia já foi visualizada 162 vezes.

Corsan colabora com força-tarefa e garante qualidade da água em Santa Maria

Data:28/06/2018- Fonte:Corsan

A entrevista coletiva ocorreu na sede da 4ª Coordenadoria Regional de Saúde

A Corsan participou, nesta terça-feira (26), de coletiva de imprensa dos órgãos públicos envolvidos na força-tarefa que visa investigar e combater o surto de toxoplasmose em Santa Maria. Representando a direção da Companhia, o diretor de Operações, Eduardo Carvalho, prestou esclarecimentos sobre as ações realizadas pela empresa e reafirmou a qualidade da água distribuída à população.

Carvalho destacou que a Corsan está colaborando com a força-tarefa de forma objetiva e transparente. “Além de manter os padrões de potabilidade exigidos pela legislação, a Companhia realizou, no fim de abril, coletas e análises de diversos pontos do sistema de abastecimento. Agora estamos executando um serviço anual e rotineiro de manutenção nos 29 reservatórios da cidade. Nesse trabalho estão sendo coletadas, em parceria com a Vigilância Sanitária, amostras de água e resíduos, que serão encaminhadas ao laboratório especializado da Universidade Estadual de Londrina”. A manutenção dos reservatórios iniciou nesta semana e deve durar cerca de 15 dias. O diretor também frisou a importância de que a população efetue a limpeza e a conservação dos reservatórios domiciliares (caixas d’água), uma vez que a Corsan é responsável pela qualidade da água até a entrada do imóvel e parcela significativa dos moradores do município utiliza fontes alternativas de abastecimento.

Na oportunidade, o Ministério da Saúde apresentou os resultados parciais das investigações sobre a origem da doença e informou que a causa provável é água ou hortaliças (ou uma combinação entre os dois fatores). A equipe técnica do ministério ressaltou que, caso a origem seja hídrica, não se sabe ainda qual água pode ter sido comprometida (se a tratada ou a proveniente de poços, mananciais, lençol freático etc.). As investigações seguem em andamento. Também participaram da coletiva, que ocorreu na sede da 4ª Coordenadoria Regional de Saúde, o prefeito Jorge Pozzobom, o secretário Nacional de Vigilância em Saúde, Osnei Okumoto, o secretário Estadual de Saúde, Francisco Paz, a diretora do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), Marilina Bercini, o delegado da 4ª Coordenadoria Regional de Saúde, Roberto Schorn, e a secretária de Saúde de Santa Maria, Liliane Mello Duarte.

Após a coletiva, o diretor da Corsan reuniu-se com o prefeito Pozzobom para alinhar as ações realizadas em parceria com a Prefeitura e vistoriou o sistema de abastecimento da cidade, com visitas técnicas à Estação de Tratamento de Água e às novas instalações do Centro de Controle Operacional. Acompanhou também os trabalhos de manutenção de reservatório no bairro Cerrito.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade