REVISTA TAE - Governo e Sanepar entregam obras que elevam para 80% o saneamento

Esta notícia já foi visualizada 210 vezes.

Governo e Sanepar entregam obras que elevam para 80% o saneamento

Data:05/07/2018- Fonte:Sanepar

O empreendimento entregue nesta quarta-feira aumenta o número de pessoas com acesso à coleta e tratamento de esgoto

A governadora Cida Borghetti e o presidente da Sanepar, Ricardo Soavinski, entregaram nesta quarta-feira (4) o maior programa de expansão do saneamento já executado no Litoral do Paraná. Fruto de investimentos de R$ 252 milhões, o conjunto de obras eleva o índice de atendimento com coleta e tratamento de esgoto na região para 80%, o maior indicador de áreas litorâneas entre os municípios atendidos por companhias estaduais de saneamento. Antes das obras o índice era de 52%.

São 27.169 novas ligações no sistema de esgoto em Matinhos e Pontal do Paraná, municípios que abrigam a maior parte das praias paranaenses e as mais frequentadas. Foram implantados 515 quilômetros de rede coletora de esgoto e 29 estações elevatórias e substituídas redes antigas. Em paralelo ao empreendimento entregue, outros R$ 50 milhões estão sendo investidos nas estações de tratamento de esgoto de Matinhos e Pontal do Paraná.

Cida afirmou que a entrega é histórica. “Demonstramos que o Governo do Paraná prioriza políticas públicas essenciais e que a população pode e deve ter uma vida de qualidade, com saneamento básico, que é condição primordial para que o ser humano viva com saúde”, disse a governadora. Ela enfatizou que o investimento representa um grande reforço para consolidar a qualidade ambiental do Litoral do Paraná. “Nosso Litoral tem hoje as águas mais limpas para banho. Há ainda mais a fazer, mas o avanço é inegável”, afirmou.

O Litoral do Paraná, lembrou o presidente da Sanepar, Ricardo Soavinski, era deficitário em sistemas de esgoto. “É uma vitória para todo o litoral, já que com isso também ajudamos a garantir a balneabilidade de nossas praias. Demos um passo importante, crescemos fortemente e não vamos parar. A Sanepar trabalha para a universalização em todo o Estado. Tenho certeza de que a população sabe o valor do saneamento, principalmente para a saúde. E os governantes também sabem. Onde tem saneamento, temos menos crianças internadas. No Paraná, isso é tratado de forma séria. A Sanepar está fazendo o melhor, junto com o Governo do Estado, e por isso nossas cidades são as primeiras nos rankings de saneamento. Estamos com média de 70% de coleta de esgoto, que é 100% tratado”, afirmou Soavisnki.

ANTES DO PRAZO - As obras tiveram início em 2016 e são entregues um ano e meio antes do prazo inicialmente previsto. Em Matinhos, foram implantados 250 quilômetros de rede coletora e 14 estações elevatórias, beneficiando 13.474 famílias. O Índice de Atendimento com Rede Coletora passou de 51% para 83% da população. Em Pontal do Paraná, são 265,5 quilômetros de rede coletora e 15 estações elevatórias, beneficiando 13.695 famílias. O Índice de Atendimento com Rede Coletora passou de 25% para 73% da população.

Os prefeitos de Matinhos, Ruy Hauer, e de Pontal do Paraná, Marcos Fioravanti, reforçaram os benefícios que a expansão do saneamento garante aos moradores e aos turistas e para o desenvolvimento das cidades.

“Essa obra vai trazer mais tranquilidade para os comerciantes, veranistas e moradores. Antigamente, as praias de Pontal tinham bandeiras que indicavam local impróprio para banho. Isso era ruim para o turismo. Hoje, temos garantida saúde, balneabilidade e mais movimento na cidade. Todo mundo fica feliz”, afirmou Fioravante. Ele disse que o benefício é para toda a população e que, na temporada, mais de 300 mil pessoas serão beneficiadas.

Os investimentos nas duas cidades, afirmou Ruy Hauer, impacta em todo o Litoral. “Esse programa mudou o nosso Litoral para sempre, essa obra que poucos políticos gostam de fazer porque fica enterrada, mas é de suma importância para todos”, disse ele.

O comerciante de Pontal José Joaquim Belarmino agradeceu pela pela obra “que vai trazer beneficio muito grande para a cidade”.

PRESENÇAS - Participaram da solenidade o presidente do BRDE, Orlando Pesssuti; os deputados estaduais Tião Medeiros, Alexandre Curi e Nelson Justus e lideranças da região

Investimento envolve educação socioambiental

Além das obras, o programa de expansão do saneamento no Litoral do Paraná envolve também um trabalho de educação socioambiental. Em Matinhos, já foram realizadas abordagens domiciliares de serviço em imóveis 14.567 famílias, para sensibilização, orientação técnica e vistorias. Foram realizadas reuniões comunitárias e ofertados cursos de formação para encanadores com a participação de 30 profissionais.

Em Pontal do Paraná o trabalho de sensibilização, orientação e vistoria já alcançou 11.555 famílias. Houve 12 reuniões comunitárias e 30 profissionais formados pelo curso de encanadores. Em ambos os municípios o trabalho prossegue em 2019.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade