REVISTA TAE - Suez abre nova frente de serviços

Esta notícia já foi visualizada 724 vezes.

Suez abre nova frente de serviços

Data:14/09/2018- Fonte:Assessoria de imprensa

Com novas tecnologias para a gestão inteligente de águas subterrâneas, a empresa está pronta para fazer estudos de viabilidade de perfuração, reabilitação e manutenção de poços, responsáveis por 48% do consumo de água no Brasil

 

A SUEZ acaba de ampliar o seu portfólio com o gerenciamento de águas subterrâneas. A partir de agora, a empresa está apta a fazer estudos de viabilidade de perfuração de poços de forma sustentável, reabilitação e manutenção de poços existentes com a utilização de novas tecnologias e gestão de ativos por meio de softwares inteligentes  (Well Watch).

 

Essa nova modalidade de prestação de serviços é possível graças à experiência global do Grupo SUEZ, que gerencia, há mais de 20 anos, sete mil poços nos Estados Unidos, Espanha e França, tanto no âmbito da indústria quanto no do abastecimento da população. No Brasil, a SUEZ é responsável pela manutenção de mais de 30 poços de uma grande mineradora em parceria com a DH Perfuração de Poços, empresa que atua no setor há 28 anos com extensa experiência em perfuração e manutenção de poços nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais entre outros.

O gerenciamento de águas subterrâneas vem aumentar o leque de serviços oferecidos pela SUEZ. “Essa nova frente de trabalho permite que atuemos desde a captação até a disponibilidade final de água aos clientes, utilizando tecnologias integradas na gestão da manutenção e operação de poços”, diz Flávio Lemos, diretor de Operações da SUEZ.

A boa receptividade da SUEZ no mercado vem do desenvolvimento de tecnologias de ponta que permitem a gestão inteligente dos recursos subterrâneos por meio de uma plataforma digital (Well Watch). Essa ferramenta facilita a análise de dados e a tomada de decisão, contribuindo para o aumento da vida útil dos poços, redução dos gastos de energia e otimização os custos operacionais.

No Brasil, o abastecimento de água por meio de captação subterrânea atende cerca de 48% da população. Somente no Estado de São Paulo, 331 dos 645 dos municípios são abastecidos por poços. Esse quadro demonstra que existe um grande mercado que necessita de serviços para aumentar a vida útil desses poços, protegendo os recursos hídricos com acesso sustentável às águas subterrâneas.

 

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade