REVISTA TAE - Saneamento nas Eleições 2018: assista aos vídeos dos debates da ABES com as candidaturas à Presidência e ao Governo de São Paulo

Esta notícia já foi visualizada 705 vezes.

Saneamento nas Eleições 2018: assista aos vídeos dos debates da ABES com as candidaturas à Presidência e ao Governo de São Paulo

Data:17/09/2018- Fonte:ABES

Ana Paula Rogers


A ABES promoveu, na manhã da sexta-feira, 14 de setembro, no Instituto de Engenharia, em São Paulo, o encontro “Propostas do Próximo Presidente para o Saneamento no Brasil”.

O evento de proposta para a Presidência contou com mediação do presidente nacional da ABES, Roberval Tavares de Souza, e participações dos representantes de três partidos: Jerson Kelman, representando o candidato Geraldo Alckmin, do PSDB; Edson Aparecido da Silva, por Fernando Haddad, do PT; e João Paulo Capobianco, por Marina Silva, da Rede. Ao final, foi entregue aos convidados o documento Proposta para o saneamento no Brasil aos candidatos à Presidência da República.



Na parte da tarde, a ABES-SP promoveu o debate “Proposta do Próximo Governador para o Saneamento no Estado de São Paulo”, com mediação do presidente da ABES-SP, Márcio Gonçalves de Oliveira, e presença de Milton Santos, representante do candidato João Dória, do PSDB, Eduardo San Martin, representando o candidato Paulo Skaf, do MDB, Professora Lisete, candidata ao Governo pelo PSOL, e José Carlos de Lima, representante de Márcio França, do PSB.  

Os convidados receberam do presidente da ABES-SP o estudo Ranking ABES da Universalização do Saneamento, com ênfase no Estado de São Paulo. 

Promovendo a democracia

Os debates sobre saneamento nos níveis nacional e do Estado de São Paulo receberam elogios dos participantes:

Para João Paulo Capobianco, representante de Marina Silva, foi um encontro de alto nível.  “Agradeço esta oportunidade, tenho participado de vários debates e confesso que este aqui foi o mais produtivo deles porque aqui foi de fato uma discussão muito focada. A ABES vem comprovando um pro-ativismo muito centrado, baseado em informações consistentes, algo que de fato tenta ajudar o Brasil a dar um passo decisivo nesta questão, que é uma vergonha nacional, uma mancha em nossa história. Foi muito boa esta oportunidade, com perguntas produtivas, que nos ajudam a pensar, a aprimorar, uma campanha e um governo se beneficia exatamente com isso: Um debate, expondo suas ideias, se expondo e podendo interagir a receber as complementações, questionamentos que aprimoram as ações.”

“Agradeço à ABES pelo convite, em nome da coordenação da campanha. Tenho vários amigos na plateia, porque fui por 40 anos funcionário da Sabesp. É uma alegria muito grande pra mim. Espero ter podido contribuir, na medida do possível, com o debate”, afirmou Edson Aparecido, que representou o candidato Fernando Haddad.

“Quero iniciar esta fala final festejando o ambiente desta discussão. O Brasil tem ficado muito polarizado. Nós polarizamos demais nossa sociedade com grave risco à democracia. Quem viveu a ditadura sabe que é melhor preservarmos esta preciosidade. E aqui nós praticamos a democracia. Podemos ter divergências sobre como chegar, mas não temos dúvida de onde queremos chegar. E queremos chegar numa sociedade mais justa, em que todos tenham acesso ao saneamento”, finalizou Jerson Kelman, representante do candidato Geraldo Alckmin.

A iniciativa da ABES foi saudada também entre os convidados do debate pelo Governo de São Paulo:

Uma iniciativa extraordinária. É através desse tipo de encontro que podemos aperfeiçoar projetos e diretrizes. É claro que existem as opiniões divergentes, dependendo do partido mas isso faz parte da democracia, a gente poder ouvir, entender e defender nossos pontos de vista. E a ABES, com esta iniciativa, permitiu que pudéssemos expor nossos pontos de vista”, afirmou Milton Santos, que representou o candidato João Dória.

A Professora Lisete, candidata do PSOL ao Governo, ressaltou a oportunidade dada pela ABES aos candidatos ao governo estadual.  “Foi muito democrático, tivemos espaço para expor as nossas ideias e sugiro que a ABES elabore uma proposta ao governo Estadual.”

Para José Carlos, que representou o candidato Márcio França, foi um evento extremamente oportuno. “A ABES, como sempre, está comprometida com as questões do saneamento, não só o saneamento básico, mas ambiental, com pessoas comprometidas, envolvendo sociedade, questões governamentais, comitês de bacia, trazendo pessoas de uma forma respeitosa, discutindo com profundidade e profissionalismo. Sinto-me lisonjeado de estar participando e contribuindo com aquilo que aprendi com as pessoas vendo, ouvindo e fazendo, pois sou ligado ao saneamento.  A ABES está de parabéns.”

“Parabéns à ABES, foi uma iniciativa muito importante. Ao nos aproximarmos do momento em que a sociedade deverá escolher seu futuro governante, é importante que as pessoas saibam o que as pessoas pensam em cada aspecto. Porque uma coisa é o candidato, de uma maneira televisiva, falar rapidamente sobre um tema ou outro. A outra, é que ele encaminhe suas propostas em vários temas para que as pessoas tomem conhecimento, analisem a proposta de cada um, observem as diferenças e tomem a decisão sobre quem acham que é melhor”, disse Eduardo San Martin, que representou Paulo Skaf.

Os encontros também foram elogiados pelo público presente. Veja depoimentos a seguir:

“Um debate muito bom, excelente nível, extremamente democrático, como deveria ser. E as propostas dos diferentes candidatos estão bastante alinhadas, há uma expectativa de que pra qualquer um deles o saneamento é uma prioridade nacional, e há a visão muito clara de que você tem que investir mais, buscar a universalização e o que eu acho relevante, que todos enxergam, é que há necessidade de investimento privado pra ajudar isso a acontecer num prazo adequado pra sociedade brasileira”, Rogério Tavares, vice-presidente de Relações Institucionais da Aegea

“O debate foi enriquecedor, pois é difícil ver debates voltados com temas para a sociedade. Pudemos ver o que cada candidato pensa sobre o saneamento de uma maneira mais aprofundada que é um tema tão importante para a saúde da população.” Fabiana Zago, advogada

“É muito importante essa preocupação com o saneamento, pois é um setor que tem investimento debaixo do asfalto e que impacta na saúde, no desemprego e em outros setores. O debate foi muito positivo.” Jeferson Cunha, contador, profissional da Sabesp 

“O evento foi muito importante para conhecer as propostas dos candidatos de uma forma mais aprofundada e ver quem está interessado em um tema que é tão relevante para a sociedade.” Gelza Mara dos Santos, técnica em Gestão

” A deficiência no saneamento é reconhecida pelos candidatos. Os candidatos possuem boas ideias para a parte técnica, mas a prática não é vista. Esperamos por dias melhores.” Adriano Lucio, técnico em Saneamento

“Os eventos que a ABES promove são importantes como esse que pudemos conhecer as propostas para o saneamento dos candidatos à presidência e ao governo de São Paulo. O saneamento possui problemas graves que precisam de soluções.” Rafael Cotarelli, tecnólogo 

 

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade