REVISTA TAE - Barragem subterrânea é boa opção para países com déficit de água

Esta notícia já foi visualizada 540 vezes.

Barragem subterrânea é boa opção para países com déficit de água

Data:17/09/2018- Fonte:Embrapa

Foto: Embrapa

Embrapa - Representantes de vários países estiveram em Brasília
Representantes de vários países estiveram em Brasília

Entre 27 e 29 de agosto, em Brasília, a pesquisadora da Embrapa Solos Selma Cavalcanti Cruz de Holanda Tavares participou do workshop internacional ´Cooperativas para desenvolvimento sustentável, inclusão social e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)´, que debateu maneiras de promover o papel das cooperativas no desenvolvimento social e econômico alinhado com a agenda de desenvolvimento ODS 2030.

Selma expôs as capacitações e instalações de barragens subterrâneas realizadas pela Embrapa Solos em Honduras, Cabo Verde e Moçambique. “As barragens são comuns no Nordeste brasileiro, região com déficit de água, e podem ser replicadas em outros países”, revela Selma. A tecnologia foi destaque da Embrapa no prêmio ODS Brasil.
 
No período pré-evento, a Rede ODS Embrapa, (formada também pelas pesquisadoras Valéria Hammes – Embrapa Sede; Patrícia Costa– Embrapa Roraima e Joanne Costa - Embrapa Amazônia Ocidental), elaborou três questionários com abordagens: Conceitual; Ação Local e Ação internacional, e perguntas orientadoras para uma oficina no último dia do evento. A dinâmica da oficina e seu resultado geraram sinergia entre os participantes e a construção da realidade de cada país com relação à Força, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças de suas instituições em relação à implementação do Desenvolvimento Sustentável amplo e integrado, conforme rege a Agenda 2030.

Durante o workshop foram sugeridas melhores práticas para alcance dos ODS, principalmente em países com déficit de água. Brasil, Portugal, Argentina, Chile, Paraguai, Uruguai, Angola, Moçambique, Cabo Verde e Guiné-Bissau compuseram a plataforma de integração e firmaram a Rede Comitê Internacional, com os líderes de cooperativas, buscando apoio e acompanhamento de ações propostas.

Objetivos

Com a Oficina da Embrapa ainda foi possível construir Metas Internacionais de Governança e de Gestão:

1 - Constituir em seis meses um comitê internacional permanente para intercambio de conhecimentos e experiências integrado pelos representantes dos países presentes.

2 - Criar redes nas regiões discutidas (América Latina e Países Africanos de Língua Portuguesa) para formação de um comitê internacional formado por academia/pesquisa, representantes de cooperativas e representantes de instituições governamentais;

3 - Mapear os problemas comuns dos países para realizar um intercâmbio de soluções, com a criação de indicadores comuns que possam ser difundidos nacional e internacionalmente nos meios de comunicação para fortalecer o intercâmbio de informações e tecnologias, buscando cooperação Sul-Sul (por exemplo, com apoio da ONU).

4 - Articular Plano de Ação Global e Cronograma com os países para atingir os ODS (acompanhamento mensal até dezembro de 2020) com revisão bianual. O Plano de Ação terá Cooperação Técnica e realizará fóruns internacionais;
5 - Elaborar um plano de comunicação para internalizar o conhecimento dos ODS nos países, por meio de representações nacionais (seis meses);

6 - Definir critérios e indicadores para o atingimento de ODS (ao longo dos próximos dois anos).

7 - Execução de programas nos âmbitos nacionais com avaliação dos resultados e do cumprimento das ações a ser feito pelas representações cooperativas dos países até o fim de 2020.

A abertura do evento contou com a participação de Onofre Cezário Filho (Diretor das Organizações das Cooperativas Brasileiras e da Aliança Cooperativa Internacional), Niky Fabiancic (Coordenador do Sistema ONU no Brasil), José Rodrigues Pinheiro Dória (Secretário de Mobilização Social do Produtor Rural e do Cooperativismo do Ministério da Agricultura e Pecuária e Abastecimento) e Sérgio Kelner Silveira (Diretor do Departamento de Educação para Cidadania e inovação Social da Secretaria de Governo da Presidência da República).

O workshop internacional ´Cooperativas para desenvolvimento sustentável, inclusão social e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)´ foi promovido pelo Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas, em colaboração com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Embrapa e a Organização das Cooperativas Brasileiras - OCB.

 

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade