REVISTA TAE - Viveiro de Piracicaba vai se transformar num Jardim Botânico

Esta notícia já foi visualizada 695 vezes.

Viveiro de Piracicaba vai se transformar num Jardim Botânico

Data:24/09/2018- Fonte:www.agua.org.br

No dia da Árvore, Consórcio PCJ e Oji Papeis Especiais entregaram obras de melhorias no local

Durante o evento “Viveiro de Portas Abertas”, promovido na manhã da última sexta-feira (21), no Viveiro Municipal Piracicaba, o prefeito, Barjas Negri, ao lado do secretário de Defesa do Meio Ambiente da cidade, José Otávio Machado Menten, lembraram que o local será transformado num Jardim Botânico. Na ocasião, Consórcio PCJ e Oji Papeis, oficializaram a entrega de obras de melhorias no local, que consistiram na compra de uma nova bomba de captação de água, telas de proteção do sol para os ambientes de reprodução de mudas nativas, compra de sementes para a produção de mudas nativas, e instalação de placas sinalizadoras no viveiro.

Segundo Menten, o município de Piracicaba terá além do viveiro, outros dois Jardins Botânicos: um na área do Engenho Central e outro no Parque da Cidade, no Bairro Santa Terezinha, totalizando 860.966 metros quadrados de áreas verdes. “É muito importante para Piracicaba esta demonstração clara de parceira, com a aquisição de equipamentos e produtos importantes que estão sendo doados e da sinalização que auxilia a localização. Isso facilita para que a população tenha mais acesso ao Viveiro Municipal, um local cada vez mais importante para Piracicaba”, atentou.

O prefeito Barjas agradeceu o apoio e parceria do Consórcio PCJ e da Oji Papeis Especiais nas melhorias realizadas e manutenção do Viveiro Municipal. “Esta parceria possibilita avançar um trabalho importante para a cidade e a região”, comentou.

Ele ainda destacou que Piracicaba é um município compromissado com o desenvolvimento sustentável. “É uma cidade que se preocupa com o meio ambiente, tem falhas, tem limitações, ainda precisa avançar mais, porém, há um compromisso de muita gente com a sustentabilidade”, comentou.

O secretário executivo do Consórcio PCJ, Francisco Lahóz, que na ocasião representou o presidente da entidade e prefeito de Nova Odessa (SP), Benjamim Bill Vieira de Souza, destacou a transformação que ações simples causam na sociedade e ao meio ambiente. “Uma das orientações de organismos internacionais é ressignificar valores e com essa ação o Consórcio PCJ, ao lado da prefeitura e da Oji Papeis Especiais, está dando um novo valor ao Viveiro de Piracicaba”.

“O investimento no Viveiro de Piracicaba, além de beneficiar o município, faz parte de um grande projeto de revitalização de mananciais, já que grande parte das mudas produzidas são utilizadas nos reflorescimentos do Consórcio PCJ, que atinge toda a área das Bacias PCJ”, comentou o coordenador de projetos e responsável pelo Programa de Proteção aos Mananciais do Consórcio PCJ, Guilherme Valarini.

O Presidente da OJi Papeis Especiais, Agostinho Monsserrocco, pontuou sobre o compromisso da empresa com o meio ambiente, com a sustentabilidade e com a comunidade.

Ao final do encontro, as autoridades realizaram o descerramento de placa comemorativa, com o objetivo marcar o Dia da Árvore e as melhorias promovidas no viveiro municipal, além de celebrar os três anos de promulgação dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU, data essa a ser comemorada no próximo dia 25 de setembro. O evento “Viveiro de Portas Abertas” foi cadastrado como uma dessas comemorações no site oficial da ONU (Organização das Nações Unidas) para essa iniciativa e pode ser acessado pelo link: http://www.act4sdgs.org/partner/consorcio_pcj

Os presentes ainda realizaram o plantio simbólico no Viveiro de 3 mudas de Ipê Branco, árvore símbolo do Consórcio PCJ, por representar a paz e a integração regional.

O Viveiro de Piracicaba é o principal parceiro do Consórcio PCJ na produção de mudas para ações de reflorestamento de matas ciliares nas Bacias PCJ, fornecendo 50 mil mudas nativas por ano. O Programa de Proteção aos Mananciais da entidade possui 27 anos de atuação e já plantou mais de 4,5 milhões de mudas nativas em 2.700 hectares de matas ciliares, o equivalente a 3.610 campos de futebol. Essas ações são possíveis graças às parcerias que a entidade possui com 15 viveiros municipais espalhados pelas Bacias PCJ.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade