REVISTA TAE - Mais de 43 mil olindenses já contam com água 24 horas

Esta notícia já foi visualizada 658 vezes.

Mais de 43 mil olindenses já contam com água 24 horas

Data:26/09/2018- Fonte:www.diariodepernambuco.com.br

31% da população residente nos bairros de Casa Caiada, Jardim Atlântico, Rio Doce e parte de Jardim Fragoso já está fora do rodízio

Imagem: Divulgação

Com a meta desafiadora de eliminar o rodízio em 15 bairros da cidade de Olinda até o ano de 2021, o projeto Olinda+Água continua conquistando resultados positivos. Agora já são mais de 43 mil olindenses que estão recebendo água durante 24 horas nas torneiras. Essa população corresponde a 31% dos bairros beneficiados com a primeira etapa do projeto, que são Casa Caiada, Jardim Atlântico, Rio Doce e parte de Jardim Fragoso. As áreas que já contam com o fornecimento de água todos os dias estão localizadas, principalmente, em Casa Caiada e Jardim Atlântico. 

As melhorias estão sendo alcançadas por meio de um controle operacional mais eficiente que considera parâmetros como vazão, pressão e tempo de abastecimento, além do combate a vazamentos e perdas de água. Esse trabalho está permitindo colocar mais água nas tubulações e melhorar as pressões utilizando o mesmo o volume de água que o sistema já tinha disponível.

Graças as ações do Olinda Água, que permitiram a substituição de 69 quilômetros de tubulações só nesses quatro bairros da primeira etapa do projeto, está sendo possível aumentar as horas de água para a população. Os investimentos também foram direcionados para a setorização do sistema, aquisição de tecnologias e implantação de dispositivos que dividiram a rede em distritos de abastecimento, além da ampliação do Centro de Reservação de Perijucã, em Jardim Atlântico. 

“Nessa fase de melhoria do desempenho, continuamos empenhados na redução de perdas. Estamos trocando mais tubulações onde há necessidade, e as ocorrências de vazamentos resolvemos com celeridade, em até 24 horas. Temos duas equipes exclusivas para o serviço de manutenção, que inclui as investigações de vazamentos ocultos na rede”, explica a gerente de Unidade de Negócios da Compesa, Cleice Brito.

De acordo com a gerente, a previsão é que, até o final deste ano, o bairro de Jardim Atlântico fique 100% fora do racionamento, e passe a receber água todos os dias. Para as demais áreas da primeira etapa do projeto já foi possível dobrar a oferta de água, em menos de um ano de operação do novo sistema. 

De um calendário de um dia com água e cinco dias sem, passou para o rodízio de três dias com água e três dias sem. No mês de dezembro, também será iniciado o trabalho de melhoria do desempenho do sistema nas áreas que compõem a segunda etapa do Olinda Água, que abrange os bairros de Ouro Preto, Bairro Novo, Jatobá, parte dos Bultrins e de Jardim Fragoso. Nessas áreas, o sistema ainda está em fase de testes.
 
A Compesa investiu R$ 150 milhões (valores atualizados) no projeto Olinda Água, recursos viabilizados junto ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD). Até o ano de 2021, 250 mil olindenses serão beneficiados com melhorias do abastecimento de água.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade