REVISTA TAE - Auditoria parcial do TCU diz que 2,8 mil obras do PAC estão paradas

Esta notícia já foi visualizada 357 vezes.

Auditoria parcial do TCU diz que 2,8 mil obras do PAC estão paradas

Data:27/09/2018- Fonte:www.abconsindcon.com.br

De acordo com o levantamento do tribunal, existem 400 obras de creches e 670 de saneamento básico paralisadas. Auditoria da Corte deve ser concluída em outubro.

Uma auditoria parcial do Tribunal de Contas da União (TCU) identificou que pelo menos 2,8 mil obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) estão paralisadas. Juntas, essas obras têm um orçamento de R$ 128 bilhões. A auditoria da Corte deve ser concluída em outubro.

O PAC foi criado pelo ex-presidente Lula e continuou no governo da ex-presidente Dilma Rousseff. O programa reunia obras consideradas prioritárias pelo governo. Muitas das obras do programa foram adicionadas ao Projeto Crescer, lançado quando o presidente Michel Temer assumiu o governo.

““Essas 2,8 mil são obras classificadas na base do PAC, são obras classificadas no Programa de Aceleração do Crescimento, e além dessas existem outras classificadas em convênio, certamente esse número é superior”, disse o dirigente da Secretaria de Fiscalização de Infraestrutura Urbana do TCU, Bruno Martinello.

Segundo Martinello, essas paralisações estão espalhadas por vários setores: 670 obras de saneamento; 400 de creches; 192 de unidades básicas de saúde; 38 de mobilidade urbana; 28 de rodovias; 8 de ferrovias; 4 de energia elétrica; 2 de petróleo e gás, entre outras áreas.

Ainda de acordo com o dirigente do TCU, as 400 obras de creches que estão paralisadas têm um orçamento de R$ 553 milhões e poderiam atender 74 mil crianças.

O levantamento foi apresentado em um evento do TCU e da Câmara Brasileira da Indústria da Construção. No evento, Martinello destacou que as principais causas dessas paralisações estão ligadas a projetos deficientes; falta de dinheiro; atraso na liberação de recursos; e abandono das empresas responsáveis pelas obras.

Ele destacou que apesar das notícias que falam do TCU paralisando obras, apenas 10 dessas 2,8 mil obras foram paralisadas por recomendação da corte.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade