REVISTA TAE - São José do Rio Preto recebe o Seminário Anual do tratamento químico para a indústria de Açúcar & Etanol

Esta notícia já foi visualizada 335 vezes.

São José do Rio Preto recebe o Seminário Anual do tratamento químico para a indústria de Açúcar & Etanol

Data:03/10/2018- Fonte:Assessoria de imprensa

Promovido pela Nalco Water, uma empresa da Ecolab, o encontro abordará as melhores práticas e novas tecnologias de tratamento químico para o setor

 

A Ecolab, líder mundial em tecnologias e serviços de água, higiene e energia, por meio da sua divisão Nalco Water, promove o Seminário Anual do tratamento químico para a indústria Açúcar & Etanol, em São José do Rio Preto, no próximo dia 04 de outubro. O evento tem como objetivo compartilhar as melhores práticas para a indústria, bem como as novas tecnologias para tratamento de água e processos. Destaca-se a inovadora tecnologia para geração de dióxido de cloro Purate, aplicações, vantagens e benefícios, além de outros temas relacionados à melhoria da eficiência e da produtividade do setor sucroenergético.

 

“Este evento faz parte da estratégia da Nalco Water em oferecer aos mercados sucroalcooleiro e de biocombustível, soluções mais completas para apoiar o crescimento sustentável dessa importante indústria brasileira”, reforça Juan Carlos Escobar, gerente de Marketing.

 

O seminário será divido em dois blocos. O primeiro, “Melhores práticas e novas tecnologias”, está voltado para o tratamento químico, sistemas de pré e pós-tratamento de água, tecnologias específicas para sistemas de geração de vapor e de resfriamento. Serão ministradas as seguintes palestras:

 

    Pré-tratamento da água, Tecnologia 3D TRASARTM para desinfecção;
    Programa químico para limpeza em evaporadores;
    Tratamento químico do vapor, automação e gestão de informações;
    Análise de potabilidade de água e ar.

 

Já a segunda parte aborda os tecnologias específicas para o processo de produção de etanol, com os painéis:

 

    Introdução ao Dióxido de Cloro;
    Dióxido de Cloro no processo fermentativo em conjunto com Antibióticos (apresentação de estudo de caso);
    Dióxido de Cloro em sistemas de resfriamento (apresentação de estudo de caso);
    Nova tecnologia para a geração de Dióxido de Cloro.

 

Tecnologias de ponta

 

Outro destaque é o Programa de Desincrustação para Evaporadores. Atualmente, o método mais comum consiste na limpeza manual (mecânica) do evaporador para realizar a desincrustação. Com a nova solução química, não existe a necessidade de entrar no aparelho, o que traz mais segurança ao processo e aumenta sua eficiência.

 

Mais uma novidade é a tecnologia PURATETM de geração de Dióxido de Cloro. Dentro do processo de produção do etanol é necessário o uso de levedura, um micro-organismo que fermenta o caldo de cana e o transforma em etanol. Essa é a receita básica de qualquer usina, que envolve a utilização de biocidas e antibióticos para manter o controle microbiológico no processo fermentativo.

 

“A Divisão Nalco Water desenvolveu a tecnologia PURATE para garantir dosagem adequada e segura de dióxido de cloro na fermentação, que além de controlar o crescimento bacteriano também ajuda a reduzir o consumo de ácido sulfúrico. Outra vantagem é que não há restrição do uso de dióxido de cloro nas unidades que secam levedura para fins de ração animal”, explica o executivo.

 

Serviço:
Seminário Anual de Açúcar & Etanol

Data: 04 de outubro de 2018

Horário: 08h às 17h

Local: Hotel Hyatt - São José do Rio Preto

Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira - 5000 - Bairro Iguatemi

Inscrições e informações em: nrferrari@ecolab.com    

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade