REVISTA TAE - Obras de esgotamento sanitário irão beneficiar moradores e meio ambiente de Camanducaia e Monte Verde

Esta notícia já foi visualizada 925 vezes.

Obras de esgotamento sanitário irão beneficiar moradores e meio ambiente de Camanducaia e Monte Verde

Data:18/12/2018- Fonte:Companhia de Saneamento Básico de Minas Gerais (Copasa)

Com investimento de R$ 17 milhões, obras realizadas pela Copasa irão contribuir para o desenvolvimento da região e despoluição do rio Jaguari

A Companhia de Saneamento Básico de Minas Gerais (Copasa) está finalizando duas grandes obras de sistema de esgotamento sanitário em Camanducaia e no distrito Monte Verde. Os empreendimentos estão previstos para serem entregues no primeiro semestre de 2019 e serão responsáveis pelo tratamento de esgoto das localidades. As estruturas também irão contribuir para a revitalização da bacia do rio Jaguari, no Sul de Minas.

Com investimento de R$ 12 milhões, a implantação do sistema de esgotamento sanitário em Camanducaia irá coletar e tratar o efluente gerado por imóveis de 20 bairros do município: Do Bosque, Itororó, Leite Sol, Centro, Loteamento Tancredo Neves, Colégio, Bom Jesus, Cruzeiro, São José, Usina, Cubatão, Vilas da Mantiqueira, Quedas Verdes, Santa Lúcia, Recanto Nova Jaguari, Jardim Bandeirantes, Vila Rica, Recanto dos Ypês, Jardim da Cachoeira e Jardim Monte Carlo.

O distrito Monte Verde, destino turístico que recebe até cinco mil visitantes na alta temporada, também será beneficiado com um novo sistema de esgotamento sanitário. Com investimento de R$ 5 milhões, o empreendimento conta com a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) que beneficiará, além dos turistas, os quatro mil habitantes do distrito. Serão contemplados 12 bairros da localidade: Jardim Poncianos, Balneário Monte Verde, Jardim Aeroporto, Jardim da Capela, Jardim da Mantiqueira, Jardim da Represa; Jardim das Montanhas, Jardim do Cadete, Jardim dos Moinhos, Parque Monte Sol, Vila da Baixada e Bela Vista.

Mais qualidade de vida

De acordo com o superintendente de Operação Sul da Copasa, Marco Aurélio Ribeiro, os investimentos em Camanducaia e Monte Verde irão contribuir para fomentar o desenvolvimento da região e a preservação do meio ambiente. “Ao todo, as obras somam um orçamento de R$ 17 milhões direcionados para melhorar a qualidade de vida e a saúde da população, além da despoluição do rio Jaguari“, afirma.

Para o prefeito de Camanducaia e Monte Verde, Edmar Dias, a instalação dos sistemas de esgotamento é um avanço para o município e para o distrito. “Esperamos ansiosos pela conclusão da Estação de Tratamento de Esgoto de Camanducaia e Monte Verde. Nossa região é grande e com vasta extensão de mata nativa, nos preocupamos com o meio ambiente e com o futuro dos nossos rios. A instalação da ETE vai ao encontro dessa preocupação, auxiliando na despoluição das águas. Certamente um grande avanço”, destaca.

Novos sistemas

Os sistemas de esgotamento sanitário são compostos por diversas estruturas.Com a instalação de redes coletoras, o esgoto será recolhido dos imóveis do município e do distrito e encaminhado para as novas Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs), por meio de interceptores, elevatórias e linhas de recalque.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade